Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Sete anos depois, férias voltam a ser principal motivo de viagem dos portugueses

As deslocações turísticas dos portugueses aumentaram 5% no ano passado, superando os 21,2 milhões de viagens. O lazer, recreio ou férias foi o principal motivo invocado para viajar, algo que não sucedia desde 2010.

Miguel Baltazar/Negócios
Pedro Curvelo pedrocurvelo@negocios.pt 02 de Maio de 2018 às 12:41
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

No ano passado, os portugueses realizaram 21,2 milhões de deslocações turísticas, uma subida de 5% face a 2016, revelam os dados divulgados esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). O lazer, recreio ou férias assumiu-se como principal motivo para as viagens, o que ocorre pela primeira vez desde 2010. O total de viagens é mais do dobro do que o registado em 2008.


O crescimento das viagens turísticas registou um abrandamento face aos anos anteriores (5,4% em 2016 e 7% em 2015).

As viagens para o estrangeiro representaram 10,4% do total (eram 9,7% em 2016), com o motivo "lazer, recreio ou férias" a ser a justificação para 57,4% das deslocações (54,8% em 2016).

Após os anos de crise, o lazer ou férias passou a ser o principal motivo para os portugueses viajarem (45,2% do total), com 9,6 milhões de deslocações, destronando a "visita a familiares ou amigos" (44%), com 9,3 milhões.

Nas viagens domésticas, o principal motivo continua a ser a "visita a familiares ou amigos" (46,6%).

A proporção de viagens com marcação antecipada cifrou-se em 30,2% (29% em 2016), destacando-se as viagens para o estrangeiro, onde este valor foi de 90% (88,6% em 2016). O recurso à internet para a marcação de viagens aumentou de 15,8% do total em 2016 para 17,4% no ano passado.

As dormidas em alojamento particular gratuito – que inclui a segunda residência, casa de familiares ou de amigos – representaram 66,9% do total (65,8% em 2016), enquanto os hotéis e similares foram responsáveis por 18,9% das dormidas (20,7% em 2016).

Os meses de Agosto, Julho e Dezembro foram os mais populares para a realização de viagens turísticas, uma tendência já verificada em anos anteriores.

Ver comentários
Saber mais férias viagens portugueses turismo ine 2017
Mais lidas
Outras Notícias