Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

A tribo dos TEDsters

Apesar de o seu preço rondar os seis mil dólares, a próxima conferência anual TED, a ter lugar em Long Beach, na Califórnia, em Fevereiro de 2011, está esgotada.

A tribo dos TEDsters
Helena Oliveira - Portal VER helena.oliveira@ver.pt 10 de Setembro de 2010 às 14:51
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Aliam a vontade de mudar o mundo com os dons da oratória. As suas palestras correm os computadores de todo o mundo, atingindo uma audiência superior a dois mil milhões de pessoas. E se os suspeitos do costume são as grandes estrelas da plataforma TED, os anónimos que dela conseguem fazer parte juntam-se à constelação. As conferências TED transformaram-se num fenómeno global e Portugal está já na sua rota.

Apesar de o seu preço rondar os seis mil dólares, a próxima conferência anual TED, a ter lugar em Long Beach, na Califórnia, em Fevereiro de 2011, está esgotada. “The Rediscovery of Wonder” é o tema e, à semelhança das edições anteriores, as personagens convidadas para este “circo de mudança” incluem exploradores, fotógrafos, visionários da ciência ou dos negócios, filósofos, artistas, escritores, designers, inventores, gestores, entre muitos outros fazedores, independentemente da área que abraçaram. Característica comum e obrigatória: que tenham imaginação e que estimulem a mudança no (e do) mundo.

Considerado por alguns como elitista, o TED é, sem dúvida, um fenómeno global. E, apesar de nos seus palcos já terem brilhado estrelas reconhecidas e tão diferentes como Bill Gates, Bill Clinton, Isabel Allende, Richard Branson ou Malcolm Gladwell, nele também já nasceram outras inesperadas constelações que fazem agora parte do universo de TEdsters, espalhado por todo o Planeta Terra.

Mas afinal qual é a história subjacente ao sucesso desta plataforma de ideias que é descrita em termos similares ao imediatismo do Fórum Económico Mundial ou que até já foi considerada como o modelo de uma universidade de topo para o século XXI, uma espécie de Harvard do futuro? Que é patrocinada por algumas das mais prestigiadas empresas globais e cujo modelo de negócio gera, em média, dois milhões de dólares de lucro por ano? Que reúne uma comunidade de tradutores de 77 países que, voluntariamente, traduzem os conteúdos dos vídeos nela lançados, famosos por incluírem palestras que duram exactamente 18 minutos e cujas visualizações atraem uma audiência superior a 2 mil milhões de pessoas? E o que dizer dos eventos independentes que percorrem cidades tão distantes como Kiberi, na Nigéria, Amesterdão, na Holanda e, bem próximo de nós, Portimão, a ter lugar no primeiro dia de Outubro próximo.

Entre aqui para ler o resto do artigo


Ver comentários
Outras Notícias