Bolsa Bolsa valoriza com EDP em máximos de 2015

Bolsa valoriza com EDP em máximos de 2015

O PSI-20 está a impulsionado pela EDP, que beneficia de uma nota de research favorável.  
A carregar o vídeo ...
Nuno Carregueiro 27 de setembro de 2019 às 08:16

A bolsa nacional abriu a valorizar pela segunda sessão consecutiva, com o PSI-20 a ser impulsionado sobretudo pela EDP, que atingiu um máximo de mais de três anos a beneficiar de uma nota de research favorável.

 

O principal índice da bolsa nacional ganha 0,43% para 4.927,33 pontos, com 10 cotadas em alta, cinco em queda três sem variação. Nas praças europeias a tendência também é de alta ligeira.

 

A EDP valoriza 1,07% para 3,589 euros e no início da sessão atingiu um máximo desde julho de 2015. Segundo a Bloomberg, os analistas do Barclays começaram a cobrir a EDP - Energias de Portugal, com um preço-alvo de 4,20 euros por ação e uma recomendação de "overweight".  

O BCP também contribui para a subida do PSI-20, com as ações do banco a recuperarem pelo segundo dia das fortes quedas das sessões anteriores que levaram a cotação para mínimos de 2015. Os títulos ganham 0,65% para 0,1855 euros.

"Estou otimista relativamente ao futuro do BCP, o contexto está mais difícil, mas não é só para o BCP, é para banca em geral. Há semanas disse que não tencionava mudar os objetivos do plano estratégico e reafirmo. Apesar do contexto mais desafiante, estamos confiantes de que iremos encontrar formas e modelos para corresponder àquilo que apresentámos ao mercado", afirmou Miguel Maya.

Ainda a impulsionar o PSI-20 a Galp Energia valoriza 0,33% para 13,585 euros, a Navigator soma 0,89% para 3,182 euros e a Sonae valoriza 0,89% para 0,85 euros. Em sentido inverso a Pharol recua 0,95% para 0,104 euros e a Jerónimo Martins desce 0,1% para 15,435 euros.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI