Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Forte subida da Galp leva PSI-20 a subir quase 1%

A bolsa nacional fechou em terreno positivo pela primeira vez em três sessões, num dia que foi de recuperação (mas mais acentuada) nas praças europeias.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 05 de Maio de 2020 às 16:48
  • Assine já 1€/1 mês
  • 13
  • ...

O PSI-20 fechou o dia a ganhar 0,84% para 4.222,02 pontos, com 11 cotadas em alta, cinco em baixa e duas sem variação. Os índices europeus, depois das derrocadas da véspera, acumularam ganhos acima de 1%, sendo que o paneuropeu Stoxx600 marcou uma subida em redor de 2%.

 

As ações europeias beneficiaram do continuado movimento de reabertura das economias no continente, bem como de uma série de resultados trimestrais positivos na Europa (BNP Paribas, Total, Repsol) e também nos Estados Unidos (Dupont)

 

A Galp Energia disparou numa sessão de alta acentuada para as petrolíferas europeias. O Stoxx Oil & Gas disparou mais de 6%, beneficiando com os resultados positivos de várias companhias do setor e da forte recuperação dos preços do petróleo.

 

As ações da companhia liderada por Carlos Gomes da Silva avançaram 3,79% para 10,41 euros, depois da Total e da Repsol terem anunciado quedas nos lucros do primeiro trimestre, mas para valores que ficaram acima do esperado pelos analistas. Além disso a companhia francesa manteve o valor do dividendo trimestral, o que foi recebido pelo mercado como um sinal de confiança na recuperação da indústria.

Ações da Galp desde o início do ano:

 

A subida do petróleo também impulsionou o setor, já que o Brent em Londres negociou acima dos 30 dólares pela primeira vez desde 15 de abril, após um ganho acima de 10%. O WTI valoriza mais de 15% e transaciona acima dos 23 dólares, naquela que é já a quinta sessão seguida de ganhos consecutivos (período de subidas mais prolongado em nove meses).

 

Outras cotadas do setor energético também contribuíram para o dia positivo do PSI-20. A EDP valorizou 2,32% para 3,878 euros e a EDP Renováveis ganhou 0,9% para 11,18 euros.

A imprensa espanhola revela que os fundos canadianos Macquarie y First State apresentaram uma oferta para uma carteira de ativos eólicos em Espanha com capacidade instalada de 250 MW e no valor de cerca de 300 milhões de euros. De acordo com o CaixaBank BPI Research, este potencial acordo seria parte da estratégia de rotação de ativos do Grupo EDP.

 

A Jerónimo Martins (1,37% para 15,505 euros ) e os CTT (2,4% para 2,135 euros) também deram força ao PSI-20, enquanto o BCP não aproveitou a boleia do setor europeu, que tirou partido dos resultados favoráveis do francês BNP Paribas. O banco liderada por Miguel Maya esteve grande parte da sessão em terreno negativo e fechou a subir 0,31% para 0,0978 euros, num dia em que índice da banca europeia subiu perto de 2%.

Ver comentários
Saber mais PSI-20 bolsa mercados Euronext cotadas empresas índices Lisboa Europa Estados Unidos Ásia
Outras Notícias