Bolsa PSI-20 desce pela segunda sessão consecutiva

PSI-20 desce pela segunda sessão consecutiva

13 das 18 cotadas da praça lisboeta estão em queda na sessão de hoje, acompanhando as perdas da Europa.
A carregar o vídeo ...
Tiago Varzim 23 de maio de 2019 às 08:10
A bolsa nacional abriu em baixa esta quinta-feira, 23 de maio, com o índice PSI-20 a marcar uma queda de 0,6% para os 5.077,33 pontos, acumulando duas descidas consecutivas. As bolsas europeias também abriram em terreno negativo: o Stoxx 600, o índice que agrega as 600 principais cotadas europeias, desvaloriza 0,56% para os 376,88 pontos. 

Neste momento, a desaceleração económica, o receio face à disputa comercial entre os EUA e a China e a incerteza relacionada com o Brexit continuam a pesar nas bolsas europeias. "A realização das eleições europeias no domingo poderá dissipar alguma incerteza entre os investidores e redimensionar os seus receios", antecipam os analistas do BPI no diário de bolsa. 

Além disso, os investidores ficarão esta quinta-feira a conhecer os relatos relativos à ultima reunião da autoridade monetária europeia, realizada em abril. Ontem as minutas da Reserva Federal reiteravam a abordagem paciente que a Fed pretende continuar a aplicar "durante algum tempo" em relação aos juros. 

Entre as cotadas, o destaque vai para o BCP que "tem demonstrado uma elevada resiliência perante a envolvente desfavorável que tem caraterizado o setor" europeu da banca, segundo os analistas do BPI. Na abertura da sessão, as ações perdiam 0,68% para os 24,92 cêntimos.

Em baixa está também o setor do papel - a Altri segue a desvalorizar 1,11% para os 6,23 euros - e os correios com os CTT a desvalorizar 1,47% para os 2,27 euros, um dia após a entrada do novo CEO, João Bento.

Nota também para a Sonae Capital que negoceia hoje em ex-dividendo (7,4 cêntimos por ação), o que significa que as ações detidas deixam de conferir direito à remuneração acionista que vai começar a ser paga a partir de dia 27 de maio. Os títulos estão a cair 7,42% para os 82,3 cêntimos, mas retirado o efeito de descontar dividendo o título estaria a subir quase 1% face à sessão anterior. 

A travar maiores perdas no PSI-20 estão as pequenas valorizações de cotadas como a REN, a Nos ou a Corticeira Amorim. 

(Notícia atualizada com mais informação às 8h17)



Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI