Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSI-20 regressa ao verde com Novabase a disparar mais de 10% e Corticeira mais de 5%

A bolsa nacional alinha na tendência de fortes ganhos da Europa. Por cá, as cotadas Novabase e Corticeira Amorim brilham depois de terem apresentado resultados animadores em tempos de pandemia.

A carregar o vídeo ...
Ana Batalha Oliveira anabatalha@negocios.pt 15 de Maio de 2020 às 08:14
  • Assine já 1€/1 mês
  • 10
  • ...
A bolsa nacional abriu em alta, com o principal índice, o PSI-20, a subir 1,36% parea os 4.012,58 pontos. O índice inverte assim da tendência negativa das últimas quatro sessões. 

Por cá, aguarda-se com expectativa a primeira estimativa do PIB português do primeiro trimestre do ano. As previsões do BPI Research apontam para uma contração trimestral de 2% nos primeiros 3 meses do ano em Portugal.  Para o BPI Research, a recuperação da economia portuguesa assemelhar-se-á a um "V". 

Na Europa, há outros dados debaixo do radar, mas a tendência é equivalente, num dia em que os investidores receberam dados parcialmente animadores da China: abril é o primeiro mês em que se regista um aumento da produção industrial, apesar as vendas do retalho terem caído acima do previsto. 

Em Lisboa, todas as cotadas seguem no verde exceto uma, mas quem lidera os ganhos são a Novabase e a Corticeira Amorim, nesta que é a primeira sessão deste que apresentaram os resultados relativos ao primeiro trimestre. Ambas as empresas escaparam incólumes aos primeiros impactos da pandemia e das restrições impostas em Portugal e noutros mercados onde operam.

A Novabase dispara 11,28% para os 2,96 euros e a Corticeira Amorim valoriza 5,21% para os 8,68 euros. 

Até março, a Novabase contabilizou um volume de negócios de 31,6 milhões de euros, uma subida de 13% face a igual período de 2019. 
A empresa destaca, em comunicado enviado à CMVM, que "não sentiu impactos relevantes da pandemia de covid-19". 

Já a Corticeira Amorim conseguiu lucros de aproximadamente 19,9 milhões de euros, mais 1,3 milhões do que no mesmo período do ano passado, ao mesmo tempo que salienta que "o trimestre homólogo foi o mais elevado em termos de crescimento de vendas de 2019 (mais 9,2%), condicionando o comparativo para o primeiro trimestre de 2020".

A sustentar o bom desempenho do índice nacional está ainda o peso pesado BCP, que avança 3,04% para os 8,80 cêntimos, depois de na última sessão ter tocado um novo mínimo histórico. 

A Galp também impulsiona com uma subida de 2,40% para os 9,808 euros, num dia em que o petróleo se prepara para fechar a terceira semana consecutiva de ganhos. Os cortes nas exportações da parte da Arábia Saudita, assim como alguma recuperação económica, ajudam à valorização do barril. 

(Notícia atualizada às 08:22)
Ver comentários
Saber mais PSI-20 bolsa mercados Euronext cotadas empresas índice nacional Lisboa Europa
Outras Notícias