Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSI-20 regressa às quedas com BCP a desvalorizar mais de 3%

A bolsa nacional registou uma queda nesta sessão, acompanhando o cenário no resto da Europa com o entusiasmo referente às vacinas a ficar para trás.

Tiago Sousa Dias
Gonçalo Almeida goncaloalmeida@negocios.pt 19 de Novembro de 2020 às 16:43
  • Assine já 1€/1 mês
  • 6
  • ...
A bolsa nacional terminou a sessão desta quinta-feira a cair 1,14% para os 4.367,51 pontos, sendo uma das praças que mais caiu em todo o território europeu, num dia em que o crescente número de novos casos de covid-19 e mais restrições à circulação voltaram a pesar.

Todas as bolsas na Europa fecharam o dia no vermelho, numa altura em que foram tomadas medidas novas para tentar controlar a propagação do coronavírus, como o encerramento das escolas em Nova Iorque, ou a promulgação do estado de alerta em Tóquio.

Por cá, o destaque foi para o BCP que voltou às quedas, depois da subida na ordem dos 10% de ontem. Hoje, o banco liderado por Miguel Maya perdeu 3,00% para os 11,01 cêntimos por ação.

Também a Galp desvalorizou 1,89% para os 8,820 euros por ação, num dia em que o preço do barril de Brent depreciou para os 44 dólares. 

No setor das telecomunicações, a Nos caiu 2,39% para os 2,782 euros por ação. Numa entrevista à Reuters, José Pereira da Costa, CFO da empresa, disse que pretende reduzir os investimentos ao mínimo essencial e realizar uma reestruturação com redução de custos em 2021, caso as regras para o leilão de 5G se mantenham.

A subir esteve a EDP Renováveis (+1,05%) depois de ter fechado um contrato de compra de energia (CAE, ou PPA na sigla em inglês) com a Novartis, para a venda da eletricidade que será produzida por um portfólio de 63 MW de energia renovável ao longo de 15 anos.
Ver comentários
Outras Notícias