Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Tecnológicas travam ganhos de Wall Street

As bolsas norte-americanas encerraram a sessão com uma tendência mista, com o S&P 500 e o Nasdaq o perderem os ganhos do arranque da negociação.

Reuters
Sílvia Abreu silviaabreu@negocios.pt 08 de Agosto de 2022 às 21:25
  • Partilhar artigo
  • ...

Os principais índices norte-americanos não conseguiram manter os ganhos do arranque da sessão, com exceção do Dow (se bem que tenha eclipsado parte das subidas da abertura). A penalizar estiveram as previsões pouco favoráveis da gigante de "chips" Nvidia, que pesaram nas ações das tecnológicas.

Os investidores estão agora de olhos postos na divulgação dos dados da inflação nos Estados Unidos, que acontece na quarta-feira, à procura de pistas sobre quais os próximos passos da Reserva Federal norte-americana (Fed) na subida das taxas de juro.

O "benchmark" S&P 500 desceu 0,12% para 4.140,06 pontos, enquanto o tecnológico Nasdaq caiu 0,10% para 12.644,46 pontos. Com ligeiros ganhos apenas fechou o industrial Dow Jones, que subiu 0,09% para 32.832,54 pontos.

"A economia ainda não assimilou todo este aperto monetário e isso irá atrasar as coisas", disse Tom Essaye, ex-investidor na Merrill Lynch, à Bloomberg. "Essa assimilação ainda nem começou a ocorrer, por isso, celebrar a resiliência das empresas e dos dados económicos enquanto a economia ainda está a crescer parece o equivalente a um treinador declarar vitória porque a estratégia de jogo deverá funcionar", acrescentou.

Tendo em conta a divulgação dos dados do emprego na passada sexta-feira, que revelaram a criação de 528 mil empregos em julho - mais do dobro do que o estimado pelos analistas -, o JPMorgan Chase e o Evercore ISI admitem que pode estar a caminho uma subida das taxas de juro mais agressiva. O Citigroup aponta mesmo que há risco de a Fed subir as taxas de juro em 100 pontos base na próxima reunião, que decorre em setembro.

Ver comentários
Saber mais Wall Street bolsas mercados
Outras Notícias