Mercados A semana em oito gráficos: Petróleo brilha com OPEP e tensões comerciais pressionam bolsas

A semana em oito gráficos: Petróleo brilha com OPEP e tensões comerciais pressionam bolsas

As bolsas do Velho Continente registaram uma tendência mista, numa semana em que os investidores aplaudiram o acordo no Eurogrupo para a saída da Grécia do programa de ajustamento, mas em que as tensões comerciais com os EUA continuaram a pressionar.
A semana em oito gráficos: Petróleo brilha com OPEP e tensões comerciais pressionam bolsas
Reuters
Carla Pedro 23 de junho de 2018 às 09:30

A bolsa nacional foi uma das poucas praças da Europa Ocidental que subiu no acumulado da semana, mas o ganho foi tímido: 0,11%.

 

As cotadas com melhor performance no PSI-20 foram a Ibersol, F. Ramada e Pharol, ao passo que a Mota-Engil, Navigator e Semapa foram as que mais desceram no acumulado entre segunda e sexta-feira.

 

Entre as restantes bolsas europeias, a britânica também negociou em alta. Em destaque pela negativa esteve o índice alemão Dax, a perder mais de 3%.

 

Por sectores, os dissabores do ramo automóvel estiveram em foco na sexta-feira em toda a Europa, devido à ameaça dos Estados Unidos de imporem uma tarifa de 20% sobre as importações de carros europeus.

 

Entre as cotadas europeias que mais se destacaram pelo lado negativo esteve a franco-italiana STMicroelectronics, que desceu 10,24%.

 

Nos EUA, os principais índices tiveram uma performance ligeiramente positiva no acumulado da semana. Já no mercado cambial, o dólar cedeu face ao euro.

 

Nas matérias-primas, o petróleo registou uma subida, muito à conta da perspectiva de um aumento da produção Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) abaixo daquilo que era inicialmente esperado.




pub