Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Credit Suisse antecipa que "pico extremo" da inflação seja ultrapassado após 2021

O banco de investimento espera que as ações continuem em alta no próximo ano, apesar de com ganhos inferiores a 10%. Já nas obrigações vê um retorno negativo, recomendando assim aos clientes que diversifiquem os portefólios.

Reuters
Leonor Mateus Ferreira leonorferreira@negocios.pt 23 de Novembro de 2021 às 18:00
  • Partilhar artigo
  • ...
O Credit Suisse está confiante na recuperação da economia em 2022 e antecipa que a inflação comece a desacelerar. O banco de investimento considera por isso que as ações continuarão a dar um retorno robusto, mas inferior ao conseguido este ano. Sem margem de ganhos na dívida, as obrigações indexadas à inflação e o imobiliário (dentro dos investimentos alternativos) estão entre os ativos ...
Ver comentários
Saber mais Zona Euro Global Chief Investment Officer do Credit Suisse banca inflação
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Outras Notícias