Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Selecta promove fundo imobiliário para gerir 90 milhões até final do ano

A Selecta está a promover um fundo de investimento imobiliário, o Imosocial, que aposta em imóveis destinados a lares de terceira idade, instalações médicas e hospitalares, entre outras, pretendendo obter 90 milhões sob gestão até final do ano.

Diogo Simão ds@mediafin.pt 18 de Fevereiro de 2003 às 16:44
  • Partilhar artigo
  • ...
A Selecta, Sociedade Gestora de Fundos de Investimento Imobiliário, está a promover um fundo de investimento imobiliário fechado, o ImoSocial, que aposta em imóveis destinados a lares de terceira idade, instalações médicas e hospitalares, desporto turismo e lazer, a entidades públicas e também a parques de estacionamento, pretendendo obter 90 milhões de euros sob gestão até final do ano.

O Fundo ImoSocial pretende ter sob gestão 90 milhões de euros de activos até ao final do ano e cerca de 150 milhões de euros no espaço de dois a três anos. Os gestores do fundo esperam poder oferecer aos seus investidores, exclusivamente institucionais, rendibilidades superiores à media dos fundos imobiliários.

Na base do fundo esteve o abrandamento previsto para o mercado de arrendamento de escritórios e espaços comerciais. Segundo os seus gestores, a ausência de opções nestes segmentos em Portugal e o sucesso dos fundos semelhantes nos outros países europeus foram decisivos para a aposta.

«O objectivo é o de capitalizar os pontos fortes desses sectores desde que os investimentos tenham alguma notoriedade, estejam associados a contratos de arrendamento de médio e longo prazo e sejam geridos por equipas que demonstrem experiência e capacidade», afirmou José António de Mello, um dos gestores do fundo, em conferência de imprensa.

Apostando no «project finance», o ImoFundo adquire os terrenos, realiza a construção e arrenda depois o espaço a uma entidade que o explore. Contudo, para minimizar os riscos, o início das obras só acontece quando os parceiros já estão definidos. Os contractos já realizados têm uma duração de longo-prazo, geralmente de 15 ou 20 anos.

Actualmente, o ImoSocial está a construir três lares de terceira idade em Lisboa, na Parede, na Rua da Junqueira e na Expo junto ao Hospital das Descobertas. Em Setúbal, está também em construção um hospital em colaboração com a Santa Casa da Misericórdia.

O fundo encontra-se fechado por um período de 10 anos, tendo actualmente cerca de 8,4 milhões de unidades de participação e 52 milhões de euros em activos.

Ver comentários
Outras Notícias