Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Benfica aumenta emissão de obrigações para 50 milhões de euros

A Benfica SAD reforçou em 15 milhões de euros, para 50 milhões, o montante máximo da emissão de obrigações a três anos que pode ser subscrita até à próxima sexta-feira.

Benfica
Pedro Curvelo pedrocurvelo@negocios.pt 08 de Julho de 2020 às 16:49
  • Partilhar artigo
  • 17
  • ...
A Benfica SAD optou por reforçar o montante máximo da emissão de obrigações 2020-2023 de 35 milhões para 50 milhões de euros, anunciou esta quarta-feira a sociedade anónima desportiva do clube das "águias" em comunicado enviado à CMVM.

A SAD "encarnada" tinha a possibilidade de aumentar, até hoje, o montante de obrigações a emitir, mediante a publicação de uma adenda ao prospeto da emissão.

A presente emissão, a décima da Benfica SAD, abriu o prazo de subscrição a 29 de junho e os investidores poderão subscrever as obrigações até às 15:00 de sexta-feira, 10 de julho. O montante mínimo de subscrição é de 300 obrigações, o que corresponde a um valor de 1.500 euros. A taxa de juro bruta anual é fixa e de 4%, 25 pontos base acima dos 3,75% da anterior emissão.

Em declarações ao Negócios, o CEO do Grupo Benfica, Domingos Soares de Oliveira, indicou que a emissão “visa garantir que, qualquer que seja o cenário de retoma das competições, a Benfica SAD terá uma robustez de tesouraria suficientemente forte e conseguirá fazer face a todos os compromissos, tanto internos como externos”.

Adicionalmente, o responsável assinalou que, com esta emissão, a SAD pode "encarar um eventual enfraquecimento do mercado de transferências com uma relativa tranquilidade”.
Ver comentários
Saber mais Benfica SAD CMVM futebol emissão aumento domingos soares de oliveira
Outras Notícias