Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Opinião
Paulo Carmona 07 de Setembro de 2020 às 19:30

O Bloco troca-tintas

Voltando aos troca-tintas do Bloco e o seu primado da inconsciência e incoerência. Quem tem lucros não pode despedir? Lucros quando? Anuais de 2019? Ou mensais deste ano? E se tiver prejuízos posso despedir mais facilmente? E o desemprego combate-se proibindo o despedimento? A sério? Não há dúvida de que cai bem.

  • Assine já 1€/1 mês
  • 8
  • ...

A FRASE...

 

"O Bloco de Esquerda nunca teve relações com a Venezuela e sempre desconfiou do regime. Ao contrário do Dr. Ricardo Salgado."

Francisco Louçã, SIC notícias, 24 de julho 2020

A ANÁLISE...

 

Como é possível que pessoas inteligentes e informadas sigam o Bloco de Esquerda, talvez o partido mais perigoso e pernicioso da democracia portuguesa. Gostemos ou não, o PC e o Chega são partidos muito mais coerentes. Não são como os troca-tintas do Bloco. Quem não se lembra das juras de amor por Hugo Chávez, o incansável lutador contra o imperialismo ianque, em cima dumas das maiores reservas petrolíferas do mundo, e que iria resolver os problemas sociais do seu povo? Pois é, assim que começaram os problemas com Nicolás Maduro, o Bloco nunca teve nada com a Venezuela, quem teve foi o Dr. Salgado. O mesmo aconteceu com o camarada Tsipras. De grande exemplo da luta contra a troika e a austeridade para a obscuridade. O Podemos, por enquanto "amigo" e recetor de dinheiro venezuelano, está com um problema de corrupção que em Espanha é levado a sério. Quem se lembra de Barcenas, o anterior tesoureiro do PP que apanhou 33 anos por ter recebido 1,2 milhões de euros para facilitar contratos públicos? 33 anos por 1,2 milhões de euros! Ou o genro do rei? Exemplos espanhóis há muitos. Portugueses? Não deve haver corrupção por cá…. É tudo boa gente. Talvez não custasse muito ver como funciona em Espanha o combate à corrupção. Não é muito longe. Haja vontade.

 

Voltando aos troca-tintas do Bloco e o seu primado da inconsciência e incoerência. Quem tem lucros não pode despedir? Lucros quando? Anuais de 2019? Ou mensais deste ano? E se tiver prejuízos posso despedir mais facilmente? E o desemprego combate-se proibindo o despedimento? A sério? Não há dúvida de que cai bem. É como os cartazes das baleias do PAN. Completamente populista e inconsequente. Direitos gay, aqui somos os campeões, excepto em estados "amigos" como o Irão ou a Palestina onde os condenam à morte, mas são inimigos do imperialismo. Violência e opressão das mulheres, campeões! Excepto em algumas minorias, pelo respeito aos seus direitos culturais. O Estado financiar os prestadores privados de saúde? Nem pensar! Acabar com a ADSE que apenas serve para isso? Pois, mas não pode ser. Temos muitos eleitores que gostam e usam ADSE… A ideologia do BE é utilitária e de circunstância. O que for e cair bem. Vale tudo.

  

Artigo em conformidade com o antigo Acordo Ortográfico

Este artigo de opinião integra A Mão Visível - Observações sobre as consequências diretas e indiretas das políticas para todos os setores da sociedade e dos efeitos a médio e longo prazo por oposição às realizadas sobre os efeitos imediatos e dirigidas apenas para certos grupos da sociedade.

maovisivel@gmail.com

Ver comentários
Mais artigos do Autor
Ver mais
Outras Notícias