Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Mão visível
Notícias desta secção

O falhanço do Ocidente

Na verdade, das grandes economias, apenas a China conseguiu uma recuperação rápida ainda no ano 2020 atingindo um crescimento claramente positivo para o conjunto do ano e provavelmente acima dos 6% em termos homólogos no último trimestre.

A democracia que dá jeito

14.01.2021 Jorge Marrão

Este modelo estatal, de sociedade e de governo, infiltrado por trotskistas, apoiado por comunistas saudosistas da Cortina de Ferro e socialistas que apenas pensam em poder, é insano e está esgotado para enfrentar o futuro e a dívida.

Conquista e exercício do poder

13.01.2021 Joaquim Aguiar

Os contrastes e as polarizações das campanhas eleitorais tornam-se obstáculos para a mobilização de vontades e para a utilização dos recursos quando se passa da conquista para o exercício do poder.

Um povo zangado

11.01.2021 Paulo Carmona

O povo vê, sente e fica zangado com o sistema, presa fácil de populismos de quem lhes diz o que querem ouvir. André Ventura é um problema, mas combate-se com um Estado eficaz, menos corrupto e melhor, devolvendo a ambição e os sonhos às pessoas. Demonizá-lo só lhe dará força.

O estado do Estado

Mas mesmo em poucos parágrafos é possível dar nota de erros, omissões e falhanços, que ainda por cima eram facilmente antecipáveis e evitáveis e espelham erros de décadas e o estado calamitoso da administração pública em áreas-chave.

Interiorizar o exterior

07.01.2021 Joaquim Aguiar

Também os partidos políticos e os seus protagonistas terão de ajustar as suas propostas programáticas e as suas escolhas estratégicas para poderem ter uma acção útil no novo campo de possibilidades que ficar definido quando a peste for dominada.

O circo

06.01.2021 Paulo Carmona

Há um certo cheiro a carne podre no ar. Uma degradação política e social, sem pudor, sem nenhuma responsabilidade política pelos abusos do SEF, no desbaratar de dinheiros públicos na TAP ou nas mentiras em CV para cunhas europeias.

Reformas estruturais

Se o Estado permanecer mais como obstáculo do que serviço aos cidadãos e impulso à economia e o capital empregue nas empresas se desvanecer como muito do dinheiro que receberam nas últimas décadas, se tudo parecer mudar para ficar na mesma, então não haverá nova oportunidade.

TINA presidencial

04.01.2021 Jorge Marrão

Se tínhamos dúvidas em quem votar, provavelmente não se dissiparão, por responsabilidade dos moderadores e candidatos. Vivamos com o que temos. É realmente poucochinho.

Sem capital, salários de miséria

29.12.2020 Paulo Carmona

Sem investimento não há produtividade nem futuro. O Estado não investe, na Europa somos o 2º pior país nesse factor, em 2019, 5 anos depois da troika poder ser desculpa. E os privados não são propriamente acarinhados pelo cenário ideológico em vigor em Portugal.

O paradoxo da União

29.12.2020 Joaquim Aguiar

A paralisação das sociedades por efeito de uma crise sanitária que se desenvolve por contágio não tem resolução enquanto a peste não desaparecer. O congelamento das economias por efeito dos confinamentos que encerram empresas e impedem o funcionamento dos mercados não permite retomar a normalidade das relações económicas.

Ver Mais
Publicidade
C•Studio