Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Opinião
Ulisses Pereira ulissespereira@hotmail.com 20 de Julho de 2020 às 10:15

O paciente investidor português

Enquanto o índice PSI-20 andar acima dos 4.300 pontos, a tendência de subida de curto prazo mantém-se.

  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

(Comente aqui o artigo de Ulisses Pereira)

Louvo o trabalho daqueles que, diariamente, têm de explicar porque é que a bolsa portuguesa subiu 0,3% ou porque é que, no dia seguinte, desceu 0,2%. Com todo o respeito por quem tem de fazer esse trabalho, justificar movimentos marginais faz pouco sentido. A maior parte das vezes, não há sequer explicação para essas pequenas variações, embora consigamos sempre descobrir inúmeros argumentos para o fazer.

Mas deixemos a espuma dos dias e olhemos para o último mês. Pouco ou nada se passou no PSI-20. Entre o fecho mais baixo e o fecho mais alto, houve uma amplitude de 3%. Para quem entrou no mercado há pouco tempo e estava habituado à louca volatilidade da era covid-19, as sessões da bolsa portuguesa parecem agora filmes do Manoel de Oliveira. Algo que, sublinhe-se, era uma característica dos últimos anos do nosso mercado.

Enquanto continuamos adormecidos, do outro lado do Atlântico, o Nasdaq bate máximos históricos, com os investidores a acreditarem que esta crise veio acentuar ainda mais a força da tecnologia que nos permite trabalhar em casa e a explosão do comércio electrónico a que muitos consumidores tiveram de se render, levando as empresas a valorizações fantásticas, com os investidores dispostos a pagarem um elevado preço, acreditando nesta revolução.

Como no PSI-20, escasseiam empresas tecnológicas (além de outras questões profundas e estruturais que detalharei num longo artigo), passamos ao lado deste momento de euforia lá fora e vale-nos a força da EDP e da EDP Renováveis. Para se ser investidor na bolsa portuguesa, tem de se ser paciente. Tecnicamente, reforço a ideia da importância do suporte dos 4.300 pontos. Enquanto o índice andar acima desse valor, a tendência ascendente de curto prazo mantém-se. Se for quebrado, a paciência torna-se arriscada.

Artigo escrito em 17/07/20 às 12h20
Fontes: https://live.euronext.com/pt/

Ulisses Pereira não detém qualquer dos ativos analisados. Deve ser consultado o disclaimer integral aqui,onde também pode ser consultada a lista com as anteriores análises de Ulisses Pereira.

Artigo em conformidade com o antigo Acordo Ortográfico


Ver comentários
Saber mais Ulisses discos pedidos PSI-20
Mais artigos do Autor
Ver mais
Outras Notícias