Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Opinião

Simpática, a União Europeia abre mão da multa de CO2

Tópicos -as palavras que fazem as notícias do mundo

  • Partilhar artigo
  • ...
1. Simpática, a União Europeia abre mão da multa de CO2
A União Europeia decidiu suspender as regras sobre emissões de carbono que vinha aplicando desde 1 de janeiro às companhias aéreas que voam para aeroportos comunitários. Fazendo a vontade a países como os Estados Unidos, a China e a Índia, a comissária europeia para o clima, Connie Hedegaard, propôs adiar por um ano as negociações do acordo global sobre emissões.

Mas espetou o dedo: se a International Civil Aviation Organization não apresentar progressos concretos no acordo em novembro de 2013, a União re-introduzirá a multa. Na frente doméstica, a UE quer analisar melhor a versão final do Orçamento para 2013 que a Grécia conseguiram aprovar in extremis.

O voto favorável é um passo para que a troika desembolse nova parcela da assistência internacional, mas sem passar à lupa a legislação adotada pelo Parlamento grego, não há cheque. Aliás, não haverá tão cedo, a acreditar nas palavras do presidente do Eurogrupo, Jean-Claude Juncker.



2. Amazon
A gigante americana do comércio online está metida, com a Google e a Starbucks, na complicação que é o regime fiscal do Reino Unido para empresas estrangeiras. Nas audições de ontem perante o Public Accounts Committee as respostas da Amazon foram uma «falha miserável», segundo Nick Smith, um dos membros do comité. A Amazon admitiu ter usado as jurisdições fiscais mais favoráveis e não conseguiu explicar a estrutura accionista da filial britânica.



3. PIB
O Produto Interno Bruto da Rússia expandiu-se no terceiro trimestre do ano à velocidade mais lenta desde 2010, quando a economia russa começou a recuperar do choque financeiro mundial. Os números da Rosstat indicam um crescimento homólogo de 2,9% de julho a setembro. Más notícias, de que o Kremlin não vai gostar. O ex-ministro das Finanças Alexei Kudrin prognosticara em abril que um crescimento abaixo dos 3% significaria estagnação económica.



"Tópicos" é uma ferramenta do Negócios que faz pesquisa inteligente das notícias de economia mundiais. Consulte e saiba mais em www.negocios.pt
Ver comentários
Mais artigos do Autor
Ver mais
Outras Notícias