Outros sites Cofina
Notícias em Destaque

Carmen Fonseca: Com Bolsonaro, as relações luso-brasileiras ficaram em “standby”

Bolsonaro “desmantelou a política externa brasileira”. E, apesar de não ser o único culpado, hoje o Brasil já não é visto como um país importante nas decisões internacionais. A análise é de Carmen Fonseca, doutorada em Política Externa brasileira e professora de Relações Internacionais da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. As relações luso-brasileiras estão em “standby” e só vão ganhar nova vida se o atual presidente não for reeleito, defende.
Filipa Lino e João Cortesão - Fotografia 16 de Setembro de 2022 às 11:00

Jair Bolsonaro "desmantelou a política externa brasileira". E, apesar de não ser o único culpado, hoje o Brasil já não é visto como um país importante nas decisões internacionais. A análise é de Carmen Fonseca, doutorada em Política Externa brasileira e professora de Relações Internacionais da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. As relações luso-brasileiras estão em "standby" e só vão ganhar nova vida se Bolsonaro não for reeleito, defende a investigadora do Instituto Português de Relações Internacionais que é coautora do ensaio "Portugal-Brasil, Encontros e Desencontros", editado pela Fundação Francisco Manuel dos Santos. O Brasil vai a votos a 2 de outubro.

Ver comentários
Saber mais Brasil eleições Jair Bolsonaro Lula da Silva Portugal política relações internacionais partidos União Europeia Mercosul EUA
Outras Notícias
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal