Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Autotestes em massa não estarão a ser comunicados

Até dia 7 de junho, só 1.739 cidadãos tinham indicado a realização de um autoteste à covid-19 na plataforma criada para o efeito. Desde março, as farmácias e parafarmácias já venderam mais de 500 mil testes.

Reuters
Negócios jng@negocios.pt 11 de Junho de 2021 às 07:53
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...
Até ao passado dia 7 de junho, apenas 1.739 cidadãos tinham indicado ter feito um autoteste à covid-19 no portal público, disponibilizado para o efeito desde o 20 de maio, avança o Jornal de Notícias na edição desta sexta-feira.

De acordo com os dados fornecidos ao jornal pelos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS), destes 1.739 registos, 156 terão tido um resultado positivo e 24 foram inconclusivos. Os dados mostram também que 1.491 indicaram ter realizado um autoteste.

Os SPMS sublinharam que "o mesmo utente pode registar-se várias vezes com o mesmo número do Serviço Nacional de Saúde, porque pode ter feito mais de um autoteste e, nestes casos, o registo é diferenciado por data/respostas".

Os dados mostram que o número de autotestes comunicado é bastante inferior aos dos dispositivos que foram postos à venda. Até dia 3 de maio, de acordo com dados da Associação de Distribuidores Farmacêuticos, em meados de março, foram colocados 219 mil autotestes à venda nas farmácias comunitárias. A Well’s, do grupo Sonae, já vendeu 100 mil dispositivos nas suas lojas e o grupo Auchan cerca de 11 mil. Já os dados da Associação Nacional das Farmácias, citados pelo jornal digital Eco no mês de maio, apontavam para 430 mil autotestes vendidos.
Ver comentários
Saber mais Autotestes SPMS covid-19 coronavírus
Outras Notícias