Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

DGS aprova eventos-piloto com testes rápidos à covid

A Direção-Geral de Saúde aceitou testar as condições para permitir a realização de eventos e espetáculos, avança esta quinta-feira o Jornal de Notícias. Mas nunca antes de terminar o confinamento geral.

Negócios 25 de Fevereiro de 2021 às 08:47
  • Partilhar artigo
  • 2
  • ...
A Direção-geral de Saúde aceitou a realização de eventos-piloto para avaliar a possibilidade de se realizarem espetáculos culturais, como por exemplo festivais, no verão. A aprovação foi dada na última reunião de um grupo de trabalho que junta promotores de espetáculos, Governo e DGS, revelou esta quinta-feira o Jornal de Notícias.

A ideia é permitir a realização de eventos-piloto em dois recintos – no Pavilhão Rosa Mota, no Porto, e no Campo Pequeno – tentando criar um ambiente de bolha. O modelo de funcionamento destes eventos ainda não está fechado e estes só poderão acontecer depois de terminado o período de confinamento geral.

Mas já há um esboço apresentado pela Associação de Promotores de Espectáculos, Festivais e Eventos (APEFE) e pela Associação Portuguesa de Festivais de Música (APORFEST) com algumas linhas orientadoras para os eventos.

Nesse esboço, avança o Jornal de Notícias, prevê-se que os participantes tenham de fazer um teste rápido à covid-19 nas 72 horas antes da realização do espetáculo. Depois, à entrada para o recinto, têm de fazer novo teste rápido (à saliva) e utilizar máscara durante o evento. Passados 14 dias, realizam novo teste rápido e têm de responder a um inquérito. Quem está vacinado também poderá entrar no evento.
Ver comentários
Saber mais coronavírus covid-19 cultura testes rápidos pandemia DGS
Outras Notícias