Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Mais de 200 mortos em Portugal com covid-19 e casos confirmados aumentam menos de 10%

Em 24 horas o número de mortos em Portugal com o coronavírus aumentou de 187 para 209. A taxa de crescimento dos infetados voltou a ficar abaixo dos 10%.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 02 de Abril de 2020 às 12:55
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...

O número de vítimas mortais em Portugal devido ao novo coronavírus aumentou para 209, o que traduz uma subida de 22 face a ontem, quando estavam contabilizados 187 óbitos, anunciou a DGS esta quinta-feira, 2 de abril.

Quanto ao número de infetados (casos confirmados), aumentou 9,5% para 9.034. Ontem, o número de infetados tinha subido 10,8% para 8.251, pelo que em termos absolutos a subida de casos foi de 783.

O crescimento diário do número de mortos em termos absolutos baixou (22 contra 27 ontem), sendo que a taxa de crescimento também baixou (12% contra 17% ontem).

Verifica-se também uma desaceleração na taxa de crescimento do número de infetados (9,5% contra 10,8% ontem), bem como na variação em termos absolutos (783 contra 808 ontem).

Taxa de letalidade atinge máximo

Tendo em conta o número de infetados e de vítimas mortais, a taxa de letalidade é de 2,3%, o valor mais elevado de sempre e contra 2,27% ontem.

Segundo o boletim diário da DGS, há 107 mortos no Norte (mais de metade do total), 44 na região de Lisboa e Vale do Tejo, 55 no centro e 3 no Algarve. Os Açores, Madeira e Alentejo continuam sem vítimas mortais a lamentar.

Entre as vítimas mortais, 136 têm mais de 80 anos, 45 entre 70 e 79, 18 entre 60 e 69, 8 entre 50 e 59 e dois com idade entre 40 e 49 anos. 84 são mulheres e 125 homens.  

Segundo o secretário de Estado da Saúde, a taxa de letalidade nos infetados com mais de 70 anos é 9,2%. Entre os mais de 9 mil infetados, 1.124 são profissionais de saúde, disse António Sales.

O número de casos suspeitos aumentou para 66.895  (ontem estava em 59.457) e 4.958 pessoas aguardam resultados de testes laboratoriais (4.957 ontem). Existem apenas 68 casos recuperados, uma subida face aos 43 reportados nos últimos dias. 

O número de pessoas em vigilância pelas autoridades é agora de 21.798 (20.275 ontem).

Quase 2 mil infetados têm mais de 70 anos

Os dados indicam que dos mais de 9 mil casos confirmados, 1.042 estão internados, 240 dos quais em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI). Verifica-se assim uma forte subida do número de internados (44%, contra 726 ontem) e menos acentuada nos internados nos cuidados intensivos (4% contra 240 ontem).

O número de pessoas internadas superou pela primeia vez a fasquia dos mil.

Assim, 2,66% das pessoas infetadas estão internadas em cuidados intensivos. Do total, 11,5% dos infetados estão internados.

A região Norte (5.338) continua a ser a região que regista o maior número de casos confirmados, com mais de metade do total. Segue-se Lisboa e Vale do Tejo (2.207), região Centro (1.161) e Algarve (164). Há 57 casos nos Açores, 48 na Madeira e 59 no Alentejo.

Do total de infetados, 1.968 têm 70 ou mais anos (1.768 ontem). Com mais de 80 anos são 1.076. 

Em baixo estão os casos por concelho. A DGS assinala que nestes dados por concelho a informação reportada é relativa a 79% dos casos confirmados.


Europa com mais de meio milhão de casos de infeção

Mais de 500 mil casos de infeção pelo novo coronavírus foram oficialmente diagnosticados na Europa, mais de metade do total mundial, segundo um balanço da AFP hoje às 11:00, a partir de dados oficiais.

Com pelo menos 508.271 casos, incluindo 34.571 mortes, a Europa é o continente mais afetado pela pandemia de covid-19.

Em todo o mundo, foram registados 940.815 casos e 47.863 mortes.

A Itália com mais de 100 mil casos (13.155 mortes) e Espanha (10.003) são os países europeus mais afetados.

A AFP alerta que o número de casos diagnosticados reflete apenas uma fração do número real de infeções, já que um grande número de países está agora a testar apenas os casos que requerem atendimento hospitalar.

Ver comentários
Saber mais coronavírus DGS boletim diário mortos em portugal infetados
Outras Notícias