Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Rússia vai avançar com a vacinação em massa contra covid-19

O plano é vacinar, em primeiro lugar, médicos e professores, seguindo com a vacinação em massa em outubro.

56.º Rússia
MAXIM ZMEYEV
Negócios jng@negocios.pt 03 de Agosto de 2020 às 14:10
  • Assine já 1€/1 mês
  • 6
  • ...

A Rússia está a preparar-se para começar uma campanha de vacinação contra o novo coronavírus em outubro, anunciou o Governo.

O ministro da saúde russo, Mikhail Murashko, afirmou que a vacina que está a ser produzida no Gamaleya Institute já completou os testes e que terá mostrado uma resposta imunitária em todos os indivíduos, sem efeitos colaterais ou outras complicações.

O laboratório está agora à espera da aprovação regulatória, ainda de acordo com as declarações do mesmo ministro.

O plano é vacinar, em primeiro lugar, médicos e professores, seguindo com a vacinação em massa em outubro. Paralelamente, o ministro do Comércio e da Indústria, Denis Manturov, anunciou que o país deverá fabricar vários milhões de doses desta mesma vacina todos os meses a partir do início de 2021.

A este passo, a Rússia está a afirmar-se como o primeiro país a imunizar a população contra o vírus, o que seria um marco no combate à pandemia a nível global. Até ao momento, já morreram à conta do vírus quase 700.000 pessoas em todo o mundo.

O CEO do fundo soberano russo, Kirrll Dmitriev, que contribuiu para o financiamento do desenvolvimento da vacina, já se referiu a este como um "momento Sputnik" para aqueles que não esperavam que a Rússia fosse o primeiro país a avançar.

Ver comentários
Saber mais Governo Rússia política saúde questões sociais medicina preventiva
Outras Notícias