Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Adeptos nos festejos do Sporting devem fazer testes, pede o Governo

A ministra da Presidência pediu a quem esteve nos festejos da final do campeonato que faça testes covid. Há regras que não foram cumpridas, lamentou, sublinhando que é preciso manter baixo o nível de incidência da covid e que isso se consegue com muita testagem.

Tiago Petinga
Filomena Lança filomenalanca@negocios.pt 13 de Maio de 2021 às 17:22
  • Assine já 1€/1 mês
  • 8
  • ...

Depois da Direção-Geral de Saúde, também o Governo veio agora pedir a quem esteve nos festejos após o jogo em que o Sporting se sagrou campeão, que faça o teste covid.


"Pedimos a todos os que estiveram nos festejos que possam fazer um controlo da sua situação e qualquer sintoma deve ser comunicado à linha SNS 24. Temos baixos níveis de incidência e devemos mantê-los", disse a ministra de Estado e da Presidência na conferência de imprensa que se seguiu à reunião semanal do Conselho de Ministros. 


Questionada sobre o que pretende o Executivo fazer na sequência dos acontecimentos da passada terça-feira durante as celebrações da vitória do clube de Alvalade, a ministra salientou que "o Governo não definiu nem vai definir regras específicas, mas como sempre tiramos conclusões do que não correu bem" e que isso será tido em conta nas realizações de eventos de grande dimensão. 


"Se bastasse um evento para se tirar conclusões, todo o estabelecimento de regras seria mais fácil. Quem nos dera que assim fosse, porque teríamos já muito mais conhecimento relativamente à pandemia", disse. 


"Existe um procedimento para quando há eventos fora da norma" e que passam pelo "contacto com as forças de segurança, com as autoridades de saúde e com os municípios", explicou Mariana Vieira da Silva, lembrando que, além do futebol, "há outros eventos desportivos ou culturais que têm estas movimentações." 


Ainda sobre os festejos, a ministra afirmou que "o simples facto de o ministro da Administração Interna ter solicitado informação sobre o planeamento e organização para os festejos" e ter "pedido a abertura de um inquérito à Inspeção-Geral do MAI" são prova de que o governo "considera que algo não correu bem". Porque "há regras que não foram cumpridas de ajuntamentos e consumo de álcool", sendo que "o inquérito serve para saber o que não correu bem". 


Para já, mantém-se a decisão de ter público nos jogos da última jornada do campeonato, em jeito de eventos teste, mas o regresso do público aos estádios como regra e dentro da antiga normalidade só ocorrerá na próxima época. 

Ver comentários
Outras Notícias