Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Algarve escolhido como melhor destino para estrangeiros e reformados

O Algarve foi escolhido como a melhor região do mundo para estrangeiros e reformados por uma publicação especializada norte-americana. Cascais surge em segundo lugar. O sol e os vistos Gold são algumas das explicações.

Algarve, Portugal

Algarve, Portugal
1. Algarve, Portugal 

"Bonito, acessível, acolhedor, amigável e seguro", de acordo com a publicação norte-americana.

Cascais, Portugal

Cascais, Portugal
2. Cascais, Portugal

"O custo de vida é significativamente mais alto" do que no Algarve "mas uma pechincha dado o padrão de vida".

Mazatlán, México

Mazatlán, México
3. Mazatlán, México

A proximidade torna o México um dos destinos favoritos para os norte-americanos.

Cuenca, Equador

Cuenca, Equador
4. Cuenca, Equador

O custo de vida e o preço do imobiliário estão entre as vantagens identificadas em Cuenca, uma "cidade bonita com ruas de pedras e um centro histórico bem preservado".

Valeta, Malta

Valeta, Malta
5. Valeta, Malta

Um destino "seguro", com boa qualidade de vida e bons serviços de saúde, de acordo com os autores norte-americanos.

Ocitânia, França

Ocitânia, França
6. Ocitânia, França

Os fatores ambientais, a qualidade dos serviços de saúde e o lazer estão entre as características que justificam esta escolha.

San Ignacio, Belize

San Ignacio, Belize
7. San Ignacio, Belize

Com melhor pontuação no preço do imobiliário do que nos serviços de saúde, San Ignacio é descrita como "uma das melhores opções" para uma vida simples.

Annecy, França

Annecy, França
8. Annecy, França

Annecy, nos Alpes franceses, ao pé de um dos "mais limpos lagos do mundo" ganha mais pontos nos fatores ambientais, lazer e entretenimento do que no custo de vida.

Città Sant'Angelo, Itália

Città Sant'Angelo, Itália
9. Città Sant'Angelo, Itália

Situada numa das regiões mais desenvolvidas da parte mais pobre de Itália (o sul), Città Sant'Angelo é considerada segura, com bons serviços de saúde e acesso a lazer e entretenimento.

George Town, Malásia

George Town, Malásia
10. George Town, Malásia

A "capital gastronómica da Ásia" tem baixo custo de vida, razoáveis infraestruturas e impostos baixos.
Negócios jng@negocios.pt 15 de Janeiro de 2019 às 14:15
  • Assine já 1€/1 mês
  • 11
  • ...

Com mais de 3 mil horas de sol por ano, um programa de residência "fácil e barato" e um serviço de saúde "que custa uma fração do que custa nos Estados Unidos", o Algarve foi eleito no final do ano passado como o melhor destino do mundo para estrangeiros e reformados em 2019, pela Life and Invest Overseas.

"Bonito, acessível, acolhedor, amigável e seguro", o Algarve tem infraestruturas de alta qualidade – já que Portugal não é um país "em desenvolvimento" – serviços de saúde gratuitos e um nível de inglês que nem sequer obriga os estrangeiros a aprender outra língua, o que também é valorizado pela publicação norte-americana.

Mas é na saúde, no lazer, na comunidade de expatriados, na segurança e na inexistência de restrições à propriedade que o Algarve obtém a nota máxima (A+).


"Se fores residente em Portugal, o rendimento da pensão não está sujeito a impostos, e há diversos outros rendimentos que também podem estar isentos", diz a publicação, sem explicar quais.

Cascais em segundo lugar

A lista de dez melhores locais para viver – onde a Europa conquistou seis lugares, em parte devido à valorização do dólar – inclui regiões do México, do Equador, de Malta, do Belize, de França, de Itália, ou da Malásia.

Mas é Cascais que surge em segundo lugar.

"O custo de vida em Cascais é significativamente mais alto do que no Algarve mas uma pechincha tendo em conta o nível de vida oferecido".

Com uma nota muito mais baixa no custo de vida, Cascais consegue, ainda assim, a pontuação máxima em relação à saúde, ao lazer, à comunidade de expatriados, e à falta de restrições no acesso à propriedade.

De acordo com o MarketWatch, que explicou como é que a lista é elaborada, os editores da publicação americana ficaram especialmente sensibilizados com as facilidades oferecidas pelos vistos Gold, que já foram promovidos noutros artigos da mesma publicação.

 

Ver comentários
Saber mais Turismo demografia investimento Algarve Cascais
Mais lidas
Outras Notícias