Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Boris Johnson garante Brexit a 31 de outubro "sem ses, nem mas"

No discurso à nação, o líder conservador garantiu ainda que o seu "trabalho é servir o povo"e que vai ser o "primeiro-ministro de todo o Reino Unido". 

Sábado 24 de Julho de 2019 às 16:31
  • Assine já 1€/1 mês
  • 6
  • ...
O novo primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, fez esta quarta-feira o seu primeiro discurso oficial enquanto novo líder do governo britânico. Depois da reunião para indigitação com a rainha Isabel II e já na morada nova, o número de Downing Street, o líder do Partido Conservador colocou em cima da mesa a questão que mais tem dividido o país: a saída do Reino Unido da União Europeia. 

"Vamos resolver isto em 99 dias", disse sobre o Brexit, deixando no ar que uma tomada de posição pode surgir mais cedo e que não há mais "ses e mas" sobre a questão. "Vamos fazer um novo acordo, um melhor acordo" para o Brexit,  que "vai permitir desenvolver uma nova e excitante parceria com o resto da Europa, baseada no livre comércio e no apoio mútuo". "O povo britânico está farto de esperar. É tempo de agir", frisou.

No discurso à nação, o antigo ministro dos Negócios Estrangeiros britânico garantiu ainda que o seu "trabalho é servir o povo"e que vai ser o "primeiro-ministro de todo o Reino Unido". 

Boris Johnson, o 14.º primeiro-ministro do reinado de Isabel II, foi empossado numa breve audiência no palácio de Buckingham. A chegada ao palácio foi perturbada por manifestantes contra as alterações climáticas, que se atravessaram na estrada para tentar impedir a passagem do carro, e no exterior do palácio estavam ativistas em defesa de um novo referendo ao Brexit, mas a polícia conseguiu evitar distúrbios.

Sucessora de David Cameron, que se demitiu após o referendo que ditou a saída do Reino Unido da União Europeia (UE) em 2016, Theresa May esteve em funções durante três anos, mas em maio anunciou a decisão de renunciar devido à dificuldade em completar o processo do Brexit.

À saída de Downing Street, May vincou que "a prioridade imediata é completar a saída da União Europeia de uma forma que funcione para todo o Reino Unido" e acrescentou que, implementado com sucesso, o ‘Brexit’ pode significar "um novo começo" para o país, "uma renovação nacional" que pode fazer ultrapassar "o tempo atual para o brilhante futuro o povo britânico merece".

Com Lusa

Ver comentários
Saber mais Boris Johnson Reino Unido Brexit
Mais lidas
Outras Notícias