Economia Livre vai votar moção de censura para retirar confiança política a Joacine Katar Moreira

Livre vai votar moção de censura para retirar confiança política a Joacine Katar Moreira

Partido pode perder representação no Parlamento se aprovar a moção que vai ser votada no IX Congresso do Livre, a 19 de janeiro.
Livre vai votar moção de censura para retirar confiança política a Joacine Katar Moreira
Sábado 13 de janeiro de 2020 às 16:02

O Livre vai votar a 19 de janeiro uma moção de censura à sua deputada única no Parlamento, Joacine Katar Moreira, avança a Revista Sábado. Na moção de nome "Recuperar o LIVRE, resgatar a política", cinco membros do partido defendem que "as causas defendidas pelo LIVRE parecem não conseguir sobrepor-se ao ruído constante provocado pelos faits divers mais estapafúrdios" e que, por isso, "no caso de a deputada não se dispuser a renunciar às suas funções, o LIVRE não tem outra alternativa a não ser retirar-lhe a confiança política".

A moção, que vai ser debatida no IX Congresso do Livre, terá lugar nos dias 18 e 19 de janeiro em Lisboa e terá como principal ponto de ordem de trabalhos a eleição dos órgãos nacionais do partido para o biénio de 2020/2022. Apesar de ser a deputada que representa o Livre na Assembleia da República, o nome de Joacine não consta na única lista de candidatos à direção do partido – que é composta por sete atuais membros do Grupo de Contacto do Livre.

A moção, assinada por Manuel Oliveira, Augusto Rodrigues, Bruno Machado, Maria de Fátima Lopes, e João Macedo, refere que a eleição da deputada "encheu todos os LIVREs de entusiasmo e esperança" mas que o partido é hoje reconhecido "devido às peripécias, atribulações e polémicas internas em que se viu envolvido".




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI