Economia Manuel Pizarro é o candidato do PS à Câmara do Porto

Manuel Pizarro é o candidato do PS à Câmara do Porto

Manuel Pizarro, vereador de Rui Moreira na Câmara do Porto, é o candidato do PS à autarquia liderada pelo autarca independente nas eleições de 1 de Outubro. A decisão dos socialistas de romper com Moreira e lançar um candidato próprio terá sido imposta por António Costa.
Manuel Pizarro é o candidato do PS à Câmara do Porto
Manuel Pizarro, candidato do PS à Câmara do Porto em 2013 e actual vereador do independente Rui Moreira, vai voltar a ser o cabeça-de-lista dos socialistas nas autárquicas de 1 de Outubro.
Rui Neves 06 de maio de 2017 às 12:38

A concelhia do PS-Porto anunciou, ao princípio da tarde deste sábado, 6 de Maio, que Manuel Pizarro, vereador do independente Rui Moreira na Câmara do Porto e líder da distrital dos socialistas, será o cabeça-de-lista do partido à autarquia portuense nas eleições autárquicas de 1 de Outubro.

 

A decisão foi anunciada pelo presidente da concelhia socialista do Porto, Tiago Barbosa Ribeiro. "Para casamentos e baptizados só vai quem é convidado", explicou, culpando Rui Moreira pela ruptura do acordo com PS para a governação da autarquia.

 

Logo a seguir, numa curta declaração aos jornalistas, Manuel Pizarro argumentou que, "como na vida, é mais proveitoso uma boa amizade do que um casamento em que uma das partes não quer estar".

 

Apesar de fazer uma "avaliação positiva" do trabalho de Rui Moreira, cuja equipa integra com o pelouro da Habitação, aceitou voltar a ser cabeça-de-lista do PS à Câmara do Porto e, assim, ir para as ruas fazer campanha contra o seu "amigo" e colega de vereação.

 

Falta agora saber, algo que Pizarro não explicou, como fica a sua posição no tempo que falta para completar o seu mandato autárquico.

 

É que, caso o PS rompa o acordo de governação da autarquia com o movimento independente de Moreira, o actual presidente da Câmara do Porto deixará de contar com uma maioria estável na vereação, onde apenas tem seis dos 13 eleitos em 2013.

 

A decisão de romper com o apoio a Rui Moreira e avançar com um candidato próprio foi alegadamente tomada pelo secretário-geral do PS, António Costa, que, hoje, antes de encerrar a convenção autárquica do partido, que se realiza esta tarde em Lisboa, dará o palco a Pizarro para que este possa fazer o discurso de lançamento da candidatura à Câmara do Porto.

 

A polémica política na corrida eleitoral do Porto estalou, na quarta-feira passada, com as declarações da secretária-geral adjunta do PS, que, em entrevista ao Observador, afirmou que a  vitória de Rui Moreira será "uma vitória do PS".

 

Dois dias depois, fonte do movimento independente Rui Moreira - Porto, O Nosso Partido dava conta do mau-estar do autarca provocado pelas declarações de Ana Catarina Mendes, avançando que, "nas condições actuais", Moreira não aceita o apoio dos socialistas à sua recandidatura.





pub