Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PIB da Zona Euro desacelera para 2,3% no terceiro trimestre

Em Portugal, Produto Interno Bruto acelerou 4,9% face ao mesmo período do ano anterior, tendo o país um dos maiores crescimento anuais. Já a taxa de emprego na Zona Euro cresceu 1,8%, tendo em Portugal ficado abaixo da média dos países da moeda única.

Bloomberg
Sílvia Abreu silviaabreu@negocios.pt 07 de Dezembro de 2022 às 11:14
O PIB da Zona Euro registou um crescimento homólogo de 2,3% no terceiro trimestre, o que representa um abrandamento face aos 4,2% registados no trimestre anterior. Já na União Europeia, o crescimento homólogo do Produto Interno Bruto foi de 2,5%, divulga esta quarta-feira o Eurostat.

Comparativamente ao segundo trimestre, o PIB avançou 0,3% na Zona Euro e 0,4% na União Europeia. "No segundo trimestre, o crescimento foi de 0,8% na Zona Euro e 0,7% na UE", refere o instituto europeu de estatísticas.

O maior aumento do PIB face ao segundo trimestre verificou-se na Irlanda, 2,3%, seguida do Chripre, da Malta e da Roménia, todos eles com uma crescimento de 1,3%. Já os maiores decréscimos ocorreram na Estónia, na Lituânia e na Eslovénia (-1,8%, -1,7% e -1,4%, respetivamente). Em Portugal, o PIB avanço 0,4% face ao trimestre anterior e de 4,9% face ao mesmo período de 2021, sendo o quinto maior aumento entre os países da UE.

Taxa de emprego acelera

O Eurostat prevê ainda que a taxa de emprego tenha crescido 1,8% na Zona Euro e 1,5% na UE, quando comparado com o mesmo período do ano anterior. O instituto estima, assim, que "213,8 milhões de pessoas estavam empregadas na União Europeia no terceiro trimestre de 2022, das quais 164,5 milhões se encontram na Zona Euro".

Em Portugal, a taxa de emprego caiu 0,2% face ao segundo trimestre, mas avançou 1,3% face ao período entre julho e setembro de 2021.
Ver comentários
Saber mais PIB Eurostat Zona Euro União Europeia Produto Interno Bruto
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio