Economia Quantos em Portugal não têm dinheiro para se aquecer? o Estado não sabe

Quantos em Portugal não têm dinheiro para se aquecer? o Estado não sabe

Não há dados oficiais sobre o número de portugueses sem meios financeiros para aquecerem as suas casas nos meses frios do inverno, aponta o Público na sua edição desta terça-feira. O Estado desconhece as estatísticas da chamada pobreza energética.
Quantos em Portugal não têm dinheiro para se aquecer? o Estado não sabe
Lusa
Negócios 22 de outubro de 2019 às 09:19

"Não existem dados oficiais nacionais sobre o número de pessoas ou agregados familiares em situação de pobreza energética", admitiu ao Público o Ministério do Ambiente e da Transição Energética. A questão foi colocada pelo jornal na sequência das estimativas avançadas pelo Instituto Ricardo Jorge de acordo com as quais, em 2018, a gripe e as baixas temperaturas terão causado cerca de 3.700 mortes, sendo que destas 397 atribuíveis ao frio.

O Ministério de João Pedro Matos Fernandes afirma que faz parte das intenções do Governo efetuar um levantamento das famílias que estão em situação de pobreza energética, mas para já tal ainda não foi feito.

A pobreza energética existe quando as famílias não têm condições para aquecerem a casa no inverno ou manterem-na fresca no verão ou, ainda, adequadamente iluminada. O desconforto térmico pode ser fatal para pessoas que tenham já problemas de saúde e para os mais vulneráveis, como idosos ou crianças.

Bruxelas admite que mais de 50 milhões de pessoas na União Europeia vivam com este tipo de privação, com destaque para famílias monoparentais e idosos que vivam sozinhos.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI