Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Como a pandemia afetou o desemprego no seu concelho em 2020? Veja no mapa

O número de inscritos nos centros de emprego em Portugal subiu mais de 20% em metade dos concelhos de Portugal Continental e desceu em 33. Veja no mapa o que aconteceu no seu.  

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 23 de Janeiro de 2021 às 21:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A pandemia provocou uma travagem forte na tendência de recuperação do mercado de trabalho em Portugal.

 

Entre 2013 e 2019 o número de pessoas inscritas nos centros de emprego desceu todos os anos, numa recuperação contínua face à elevada destruição. Em 2020, com a forte recessão provocada pela covid-19, o número de desempregados inscritos nos centros de emprego aumentou 29,6%, num total de 91.722, chegando a dezembro acima dos 400 mil.

 

Os dados foram revelados pelo IEFP esta semana, que também publicou a evolução do desemprego por concelho (exceto nas ilhas).

 

Como seria de esperar, a grande maioria dos concelhos registou um aumento acentuado do desemprego entre dezembro de 2019 e o último mês do ano passado, mas também são muitos os municípios que conseguiram baixar o desemprego em plena pandemia.

 

Entre os 278 concelhos de Portugal Continental, o número de desempregados aumentou mais de 50% em 26. Odivelas surge no topo, quase duplicando o número de inscritos nos centros de emprego para mais de 5 mil, superando assim pela negativa vários concelhos algarvios que foram dos mais castigados com paralisação do turismo devido à pandemia.

 

Com agravamentos entre 20% e 50% contam-se 112 concelhos, pelo que metade dos municípios de Portugal continental sofreram uma subida acima de 20% no número de desempregados.

 

São bem menos, mas foram vários os concelhos que conseguiram baixar o desemprego em plena pandemia. A descida observou-se em 33, com destaque para Alandroal, Sever do Vouga e Ferreira do Zêzere, com quebras acima de 20%.

No mapa em cima pode ver a evolução em todos os concelhos de Portugal Continental.

 

Ver comentários
Saber mais Portugal desemprego mapa
Outras Notícias