Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Mortágua: "Este Governo opta por fazer o mínimo possível"

Ainda não há entendimento à vista entre bloquistas e socialistas. A deputada do BE acusa o Executivo de optar apenas por medidas temporárias, da menor dimensão possível, sem resolver os problemas estruturais do país.

Miguel Baltazar
Margarida Peixoto margaridapeixoto@negocios.pt 20 de Novembro de 2020 às 10:55
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

O debate de especialidade sobre o Orçamento do Estado para 2021 já arrancou, esta sexta-feira. Mariana Mortágua, deputada do BE, manteve-se firme na crítica ao documento, acusando o Governo de fazer "o mínimo possível, só o mínimo possível, na última hora." Sem cedências do Executivo na aprovação das 12 propostas dos bloquistas, o BE vai manter o voto contra na votação final global, prometeu.

Mariana Mortágua argumentou que o OE 2021 é curto para responder à maior recessão desde a Segunda Guerra Mundial e lembrou que a opinião do Conselho Económico e Social, Conselho das Finanças Públicas e Unidade Técnica de Apoio Orçamental é unânime: os planos orçamentais do Governo não são expansionistas, falhando por isso em dar apoio à economia. "Este Orçamento não acrescenta crise à crise mas não faz mais nada", frisou a deputada.

"As consequências económicas da segunda vaga não foram acauteladas", criticou, "o Governo continua a rejeitar qualquer solução estrutural para o Serviço Nacional de Saúde", lamentou. Depois, recordou as 12 propostas do BE para a discussão na especialidade e garantiu que sem cedência por parte do Executivo, o BE vai manter o voto contra o documento.

"
O BE apoiará um Orçamento que responde à crise, não contam connosco para um Orçamento que falhe ao país", rematou.

Ver comentários
Saber mais OE 2021 Debate de especialidade Mariana Mortágua Assembleia da República Governo
Outras Notícias