Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Beneficiários da ADSE vão pagar até mais 35% pelos partos

A revisão dos preços do regime convencionado da ADSE entra em vigor a 1 de janeiro, na sequência do último desacordo com os grupos privados de saúde. Abrange cerca de cem atos de cirurgia, medicina, ginecologia, enfermagem ou exames radiológicos.

O primeiro défice da ADSE chegou a ser projetado para 2020, mas as contas do ano passado traçam um retrato muito diferente.
Depois da tabela que em setembro subiu preços de consultas ou dentistas, surgem cerca de cem novas alterações para vigorar em janeiro. Bruno Colaço
  • Partilhar artigo
  • 4
  • ...

A revisão em alta de cerca de cem preços nas tabelas do regime convencionado da ADSE vai, por exemplo, implicar no próximo ano um aumento do custos para os beneficiários e para o subsistema com partos (incluindo cesarianas) de 20% a 35% face à tabela em vigor, de acordo com a análise do Negócios. Este é apenas um exemplo da subida que, embora abranja uma pequena parte dos milhares de atos praticados pela ADSE, afeta cerca de cem atos mé

...

Ver comentários
Saber mais ADSE partos tabelas da ADSE
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Outras Notícias