Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Escrituras e divórcios passam a poder ser feitos à distância

Atos que hoje em dia obrigam a ir à conservatória, ao notário ou ao advogado ou solicitador, passam a poder ser feitos por videoconferência. Mas há quem levante algumas dúvidas sobre a segurança jurídica.

A secretária de Estado da Justiça, Anabela Pedroso, tem vindo a liderar o desenvolvimento dos mecanismos de realização de atos à distância.
A secretária de Estado da Justiça, Anabela Pedroso, tem vindo a liderar o desenvolvimento dos mecanismos de realização de atos à distância. Bruno Simão
Filomena Lança filomenalanca@negocios.pt 01 de Agosto de 2021 às 23:30
  • Assine já 1€/1 mês
  • 6
  • ...

Fazer uma escritura pública da venda de um imóvel pertencente a 15 herdeiros, obrigando a que estejam todos presentes no mesmo local, no mesmo dia e à mesma hora, poderá deixar de ser uma dor de cabeça. O mesmo para um divórcio por mútuo consentimento em que uma das partes esteja no estrangeiro. Ou para a elaboração de uma procuração por uma pessoa que se encontre a viver no outro lado do mundo, mas que pretende que um

...

Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais Portugal Ministério da Justiça Jorge Batista da Silva Luís Meneses Leitão CNPD leis política
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Outras Notícias