Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Manuel Augusto: Angola está a dar os passos certos para atrair empresários portugueses

O ministro das Relações Exteriores angolano afirmou esta quinta-feira que Angola está a dar os "passos certos" para atrair empresários e investidores portugueses para o país, acentuando que foram "contornados" os obstáculos que sempre surgem naturalmente.

165.º Angola: IPC 19
Lusa 14 de Fevereiro de 2019 às 23:18
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Manuel Augusto, que falava aos jornalistas depois de receber, em Luanda, o seu homólogo português, Augusto Santos Silva, que chegou à capital angolana para uma visita de trabalho de 24 horas, salientou também que a situação financeira em Angola "está a fluir", pelo que os empresários "têm agora uma esperança renascida".

 

"Está tudo bem encaminhado. Acreditamos que estamos a dar os passos certos, a saber contornar os vários obstáculos que aparecem naturalmente e a grande questão, a financeira, está a fluir, pelo que os empresários têm uma esperança renascida", afirmou, para acrescentar: "Sentimos que há, até, um movimento impulsionador que faz com que aqueles que até agora não cooperavam ou que não tinham negócios em Angola queiram fazê-lo".

 

E continuou: "Acho que são indicadores suficientemente importantes para nos animar, mas que também nos dão a responsabilidade de continuarmos a fazer tudo o que está ao nosso alcance para criar um ambiente propício para os negócios".

 

Sobre a deslocação de Santos Silva a Luanda, destinada a preparar a visita de Estado a Angola que o Presidente português, Marcelo Rebelo de Sousa, vai efetuar no início de março, Manuel Augusto salientou ser "importante", sobretudo numa altura em que, também, se está a aperfeiçoar a cooperação bilateral.

 

"Quer em termos políticos, quer empresariais temos dado corpo às decisões tomadas [no quadro dos acordos de cooperação]. Vamos preparar a visita do Presidente Marcelo Rebelo de Sousa e também [sexta-feira de manhã] afinar o pacote político e de cooperação que vai conformar o programa da visita [do chefe de Estado português]", sublinhou.

 

Na deslocação a Luanda, Santos Silva é acompanhado pelos secretários de Estado portugueses da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias, e Adjunto e das Finanças, Ricardo Mourinho Félix, que terão, na sexta-feira de manhã, uma reunião com o ministro das Finanças angolano, Archer Mangueira.

 

Durante a estada em Angola, Santos Silva terá um encontro privado na sexta-feira de manhã com Manuel Augusto, a que se seguirá uma reunião de trabalho entre delegações dos dois países, havendo, no final, declarações à imprensa.

 

A meio da manhã, o chefe da diplomacia portuguesa será recebido em audiência por João Lourenço, seguindo-se, de tarde, visitas ao Centro de Formação da empresa portuguesa Teixeira Duarte, em Talatona, e à empresa Carpinangola, da empresa Casais, projeto que conta com o apoio da SOFID, próximo de Viana, arredores de Luanda.

 

Ver comentários
Saber mais Manuel Augusto Augusto Santos Silva Luanda Angola Talatona Carpinangola Presidente Marcelo Rebelo de Sousa Internacionalização Eurico Brilhante Dias Ricardo Mourinho Félix João Lourenço
Mais lidas
Outras Notícias