Américas Milionários propõem imposto sobre riqueza nos EUA

Milionários propõem imposto sobre riqueza nos EUA

Uma lista de 19 milionários americanos defende que seja aplicado um imposto adicional sobre as fortunas. George Soros está entre os subscritores.
Milionários propõem imposto sobre riqueza nos EUA
Reuters
Negócios 24 de junho de 2019 às 15:02

"Estamos a escrever para pedir a todos os candidatos a presidente, sejam eles Republicanos ou Democratas, para apoiarem um imposto moderado sobre a fortuna" dos mais ricos, ou seja, sobre a "nossa" fortuna, esclarecem na missiva tornada pública esta segunda-feira.

 

A carta está assinada por 19 pessoas, uma delas anónima, e cujo nome mais sonante é o de George Soros.

 

Estes responsáveis defendem que se aplique uma taxa adicional sobre as grandes fortunas, de forma a diminuir a discrepância de rendimentos e arranjar forma de financiar o combate às alterações climáticas ou questões de saúde pública.

 

"O próximo dólar [gerado] por receitas fiscais deve vir dos financeiramente mais afortunados, não dos americanos de rendimento médio ou baixo", defendem os responsáveis na carta.

 

E há candidatos que apoiam a ideia. De acordo com a carta, os Democratas Elizabeth Warren, Pete
Buttigieg e Beto O’Rourke subscrevem a medida, com Elizabeth Warrena  ter um plano que defende uma taxa de 2% sobre ativos – que incluem ações, obrigações, barcos, carros e arte – iguais ou superiores a 50 milhões de dólares, mais 1% sobre ativos acima de mil milhões de dólares, segundo a Bloomberg. A candidata estima que este esquema poderá gerar cerca de 3 biliões de dólares em receita fiscal no espaço de 10 anos.

 

A carta endereçada aos candidatos presidenciais, defende que um imposto sobre a riqueza "fortalece a liberdade e democracia americana" além de ser "patriótico".

 




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI