Mundo Fogos na Califórnia provocam 63 mortes e há 630 desaparecidos

Fogos na Califórnia provocam 63 mortes e há 630 desaparecidos

Os fogos no estado da Califórnia, nos Estados Unidos, já são considerados dos mais violentos no país desde o início do século e os mais letais de sempre na região.
Fogos na Califórnia provocam 63 mortes e há 630 desaparecidos
Reuters
Negócios 16 de novembro de 2018 às 12:13

As equipas de salvamento procuram 630 pessoas desaparecidas na sequência daquele que é considerado o fogo mais violento da história da Califórnia e dos mais letais nos EUA desde 2000, contando já 63 mortos.

O número de desaparecimentos registados disparou desde quinta-feira, dia em que 297 indivíduos eram procurados. Apesar dos números alargados, 300 das pessoas que foram dadas como desaparecidas até quinta-feira foram encontradas com vida.

Os fogos estão de momento a ser controlados. As autoridades atribuem a violência do incêndio à rapidez com que as chamas alastraram, impulsionadas pelo vento e pela vegetação seca. O fogo começou em Sierra Hills e alastrou por Paradise, regiões a norte da cidade de São Francisco.

Para além do impacto letal, os incêndios afectaram até agora 12.000 habitações e edifícios. Na sequência do fumo resultante dos fogos, as escolas de Sacramento – o grande centro mais próximo -  e as localizadas num raio de 145 quilometros , que incluem São Francisco e Oakland, cancelaram as aulas esta sexta-feira tendo em conta a fraca qualidade do ar.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI