Mundo Taxa de desemprego dos EUA atinge um novo mínimo de 50 anos

Taxa de desemprego dos EUA atinge um novo mínimo de 50 anos

A taxa de desemprego dos EUA caiu para mínimos de 50 anos, mas a criação de emprego por parte de entidades privadas ficou aquém do esperado.
Taxa de desemprego dos EUA atinge um novo mínimo de 50 anos
Reuters
Sara Antunes 04 de outubro de 2019 às 13:54
A taxa de desemprego dos EUA desceu inesperadamente, em setembro, atingindo o valor mais baixo desde dezembro de 1969, revelam os dados divulgados pelo Departamento do Trabalho, citados pelas agências de informação americanas. 

 

Os dados publicados esta sexta-feira, 4 de outubro, revelam que foram criados 136 mil postos de trabalho no mês passado, quando os economistas consultados pela Reuters apontavam para um aumento de 145 mil. Ainda assim, esta diferença é justificada com a revisão de agosto: os dados iniciais apontavam para a criação de 130 mil postos de trabalho, mas os números foram agora revistos em alta para 168 mil. 

Esta criação de emprego fez com que a taxa de desemprego descesse dos 3,7% para 3,5%, o que representa o valor mais baixo dos últimos 50 anos.

Mas há alguns alertas. A Bloomberg realça que o número de postos de trabalho criados pelos privados ficou aquém do previsto: 114 mil, quando a previsão era de 130 mil. Por outro lado, cerca de mil postos de trabalho criados pelo Estado são temporários, tratando-se de funcionários contratados especificamente para a preparação do censo de 2020.

A agência Bloomberg destaca que estes dados estão a aumentar a especulação de que a Reserva Federal dos EUA vá implementar o terceiro corte de juros já no final de outubro.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI