Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

CIP quer PRR a chegar à "economia real" e elogia secretário de Estado demitido

Em reação à remodelação no Ministério da Economia, António Saraiva elogia o antigo secretário de Estado da Economia, João Neves, "um político empenhado, interessado e sempre disponível".

Vítor Chi
Celso Filipe cfilipe@negocios.pt 30 de Novembro de 2022 às 16:46
"O PRR e o Portugal 2030 têm de chegar finalmente à economia real". Esta é a reação da CIP - Confederação Empresarial de Portugal, à remodelação no Ministério da Economia que se materializou na demissão dos secretários de Estado da Economia e do Turismo, Comércio e Serviços, João Neves e Rita Marques.

António Saraiva, num depoimento escrito, deixa também um elogio a João Neves, que será substituído por Pedro Cilínio, até agora quadro do IAPMEI. "Quero deixar uma palavra de agradecimento ao secretário de Estado João Neves — um político empenhado, interessado e sempre disponível para discutir com as empresas o melhor caminho a seguir", afirma o líder dos patrões portugueses na referida nota.

António Saraiva diz que a CIP conta "que a nova equipa que agora entra no Ministério da Economia concretize os planos anunciados e dê sequência e mais velocidade ao trabalho que estava a ser feito".
 
As demissões de João Neves e Rita Marques, a pedido do ministro da Economia, António Costa Silva, foram noticiadas em primeira-mão pelo Negócios esta terça-feira.  A secretaria de Estado do Turismo, por sua vez, passará a ser ocupada por Nuno Fazenda de Almeida, até agora deputado do PS.

No referido depoimento, António Saraiva sublinha que "as empresas e os empresários portugueses têm os olhos postos nas dificuldades que já enfrentamos e que vão aprofundar-se em 2023", sendo  "fundamental que Portugal evite a recessão e consiga crescer", o que só é possível de concretizar se as verbas do PRR e do Portugal 2030 chegarem à "economia real".
Ver comentários
Saber mais CIP António Saraiva João Neves Ministério da Economia António Costa Silva remodelação
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio