Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Dona da Mercedes-Benz investigada por manipular emissões

Um milhão de carros vendidos entre 2008 e 2016 não estará a cumprir com as exigências dos reguladores, com “software” para manipular emissões. As investigações estão em curso desde o início do ano.

3.º Mercedes
Reuters
Negócios jng@negocios.pt 13 de Julho de 2017 às 10:57
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

A alemã Daimler, dona da Mercedes-Benz e da Smart, está a ser investigada por uma alegada manipulação de emissões poluentes em carros com motor diesel, movidos a gasóleo.

A notícia, citada pela agência Bloomberg, foi dada primeiramente pelo Sueddeutsche Zeitung. A publicação fazia referência a um mandato de buscas às fábricas de Estugarda, que teve lugar em Maio passado. A investigação arrancou dois meses antes.


Em causa estarão um milhão de veículos, vendidos entre 2008 e 2016, com dois motores diferentes. O grupo terá instalado, à semelhança do que aconteceu com o escândalo Volkswagen descoberto em 2015, tecnologia capaz de manipular os níveis de emissões em laboratório. Assim, seria capaz de cumprir as exigências dos reguladores.


A correcção desta falha deliberada poderá custar pelo menos 500 milhões de euros, estima o analista Juergen Pieper à Bloomberg.


A Daimler diz estar a colaborar com as investigações. A notícia já levou as acções da empresa, avaliada em quase 69 mil milhões de euros, a cair mais de 3%.

Ver comentários
Saber mais Daimler Mercedes-Benz Bloomberg Smart Estugarda Volkswagen economia negócios e finanças emissões ambiente poluição
Mais lidas
Outras Notícias