Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Grupo Volkswagen triplicou venda de carros elétricos em 2020 para mais de 230 mil

O grupo automóvel alemão registou uma quebra de 15,2% nas vendas mundiais no ano marcado pela pandemia da covid-19. A fabricante germânica vendeu 9,3 milhões de veículos.

Pedro Curvelo pedrocurvelo@negocios.pt 13 de Janeiro de 2021 às 15:57
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...
O grupo Volkswagen vendeu 231.600 veículos totalmente elétricos no ano passado, mais do que triplicando as 73.700 unidades vendidas em 2019, indicou esta quarta-feira o gigante automóvel alemão.

Em termos globais, o grupo Volkswagen, que inclui as marcas Volkswagen, Audi, Seat, Skoda, Porsche, Bentley, Lamborghini, Bugatti, Scania e Man, fechou 2020 com 9,3 milhões de viaturas vendidas, uma quebra de 15,2% face ao ano anterior.

A fabricante germânica detalha que a Europa Ocidental foi o mercado com pior desempenho, registando uma quebra de 21,6%, enquanto a China, o maior mercado individual do grupo, sofreu uma descida de 9,1%.

Ainda assim, ao apresentar uma queda nas vendas abaixo da descida do mercado automóvel global o grupo aumentou ligeiramenta a sua quota de mercado.

"A pandemia da covid-19 fez de 2020 um ano extremamente desafiante. O grupo Volkswagen teve um bom desempenho neste ambiente adverso e reforçou a sua posição no mercado", disse Christian Dahleim, o diretor de vendas do grupo.

Híbridos e elétricos superam os 400 mil e já pesam 4,5%

A forte aposta do grupo na eletrificação levou a que as vendas de viaturas totalmente elétricas aumentasse 214%, ascendendo a 231.600, e as de híbridos plug-in subissem 175%, atingindo as 190.500 unidades.

Estes modelos foram particularmente populares na Europa Ocidental, tendo representado 10,5% das vendas do grupo, quando em 2019 apenas valiam 1,9%.

Entre os automóveis 100% elétricos, o modelo mais vendido foi o iD.3, com 56.500 unidades, seguido do Audi e-tron, com 47.300. O Volkswagen e-Golf fechou o ano com 41.300 veículos entregues e o Volkswagen e-up! registou vendas de 22.200. O quinto modelo mais vendido foi o Porsche Taycan, com 20 mil unidades.

Já nos híbridos plug-in, o mais popular foi o Volkswagen Passat, com 27.200 veículos vendidos, seguindo-se o Audi Q5, com 23.500, e o Porsche Cayenne, com 21.500. Fecham o Top 5 o Skoda Superb, com 16.400 unidades, e o Volkswagen Golf, com 15.200.
Ver comentários
Saber mais volkswagen vendas pandemia grupo elétricos híbridos plug-in automóvel
Outras Notícias