Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Diretor de risco do BES foi promovido a administrador do Novo Banco

Foi o Banco de Portugal que convidou o ex-diretor de risco do BES para a administração do Novo Banco, integrando a equipa de António Ramalho, conta o Público.

Ricardo Pereira/Sábado
Negócios jng@negocios.pt 24 de Junho de 2020 às 08:57
  • Assine já 1€/1 mês
  • 24
  • ...

Rui Fontes, que foi diretor de risco do BES entre 2012 e agosto de 2014, e que assumiu as mesmas funções no Novo Banco, foi convidado em 2016 pelo Banco de Portugal para assumir as funções de administrador do Novo Banco, com o pelouro do risco, revela esta quarta-feira o jornal Público.

De acordo com o jornal, Rui Fontes foi nomeado diretor do departamento de risco do BES, onde esteve entre 2012 e agosto de 2014, já depois da resolução, pela equipa de Ricardo Salgado.

Em 2016, quando António Ramalho substituiu Eduardo Stock da Cunha na presidência do Novo Banco, Rui Fontes foi nomeado para a Comissão Executiva, com o pelouro do risco.

Em declarações ao Público, Rui Fontes explicou que foi convidado pelo Fundo de Resolução, entidade gerida pelo Banco de Portugal e à data liderado por José Ramalho, para fazer parte da Comissão Executiva de António Ramalho, sublinhando que cumpria todos os requisitos para ser administrador de um banco.

O Banco de Portugal concedeu-lhe idoneidade e referiu que Rui Fontes não foi visado em nenhum processo contraordenacional nem quando esteve à frente do departamento de risco do BES (entre 2012 e agosto de 2014) e do Novo Banco (de 2014 a 2016).

O departamento é responsável pela avaliação de riscos de crédito. Depois da venda do Banco ao Fundo Lone Star foram descobertas imparidades adicionais.

O Fundo de Resolução agravou o saldo negativo para 7 mil milhões de euros no ano passado, refletindo as injeções no Novo Banco.

Ver comentários
Saber mais BES Novo Banco Banco de Portugal Ricardo Salgado António Ramalho
Mais lidas
Outras Notícias