Construção Dividendo da Mota-Engil cai para menos de metade

Dividendo da Mota-Engil cai para menos de metade

A administração do grupo vai propor a manutenção de um payout de cerca de 50% dos lucros, os quais caíram no ano passado 62%.
Dividendo da Mota-Engil cai para menos de metade
Miguel Baltazar/Negócios
Maria João Babo 05 de abril de 2016 às 19:25

A Mota-Engil vai manter este ano, relativamente ao exercício de 2015, a política de dividendos que tem seguido de entregar aos accionistas cerca de metade dos lucros.

A administração do grupo garantiu esta terça-feira aos analistas, na "conference call" de divulgação dos resultados de 2015, que vai propor a manutenção de um rácio de "payout" na ordem dos 50%. Mas o dividendo vai cair.

 

Apesar de manter a política, isso significará que o dividendo pago por acção ficará muito abaixo dos 12 cêntimos distribuídos aos accionistas no ano passado. É que em 2015 os resultados líquidos do grupo caíram 62%, de 51 para 19 milhões de euros. 

 

Desta forma, tendo em conta o número de títulos da Mota-Engil e descontando as acções próprias, o pagamento de cerca de metade dos lucros significará um valor da ordem dos 4 a 5 cêntimos por acção.

 

No ano passado, relativamente ao exercício de 2014, a Mota-Engil, liderada por Gonçalo Moura Martins (na foto) pagou um dividendo de  12 cêntimos por acção, entregando aos accionistas um total de 24,55 milhões de euros, ou seja assumindo um  "payout" de 55%.

 




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI