Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Sporting avança com acção em tribunal e participação à FIFA contra Benfica

A SAD do Sporting anunciou esta segunda-feira que vai avançar com uma "acção em tribunal, e também com uma participação à FIFA", contra a SAD do Benfica, por "assédio ilegal" a futebolistas do clube.

Miguel Baltazar
Lusa 04 de Junho de 2018 às 19:37
  • Assine já 1€/1 mês
  • 8
  • ...

"A Sporting Clube de Portugal - Futebol, SAD vai avançar com uma acção em tribunal, e também com uma participação à FIFA, contra a Sport Lisboa e Benfica, SAD, devido ao assédio ilegal e contra todas as normas em vigor, feito a jogadores do Sporting", diz o comunicado dos 'leões'.

 

Assinado por Fernando Correia, porta-voz do presidente, da Comissão Executiva da SAD e do Conselho Directivo do Sporting, o comunicado explica que o assédio foi confirmado "na noite de ontem (domingo) por Octávio Machado", que, como conhecedor dos factos, "será arrolado como testemunha".

 

Em declarações à CMTV, no domingo, Octávio Machado, ex-treinador e dirigente 'leonino', afirmou que houve "assédio" por parte do Benfica, mais precisamente uma "tentativa de saber se essa possibilidade era viável" e "o Rui disse que não".

 

A sondagem do Benfica terá sido feita depois de Rui Patrício rescindir contrato com o Sporting alegando "justa causa", o que aconteceu após ter falhado a transferência do guarda-redes titular da selecção portuguesa para o Wolverhampton.

 

A Gestifute, que representa Rui Patrício, disse, então, que, à última hora, o Sporting exigiu mais dois milhões de euros para efectuar o negócio, algo que o clube de Alvalade vem agora confirmar em comunicado, alegando, porém, que isso se ficou a dever a diferentes condições apresentadas.

 

"A Comissão Executiva aceitou, desde a primeira hora, realizar o negócio da transferência de Rui Patrício para o Wolverhampton desde que as condições fossem, como nos tinha sido garantido, semelhantes às apresentadas pelo Nápoles, ou seja: 18 milhões de euros, a pagar em 24 meses, ficando a Sporting Clube de Portugal - Futebol, SAD com uma possível mais-valia de 15% numa futura transferência, e onde sempre foi exigido pela Sporting SAD mais dois milhões em variáveis", diz o comunicado.

 

Segundo os 'leões', o que foi apresentado dilatava, porém, "o prazo de pagamento para 34 meses e atribuía uma compensação por mais-valia futura em apenas 10% e sem variáveis".

 

"A SAD 'leonina" fez uma pesquisa de mercado no sentido de descontar no imediato os 18 milhões de euros a serem pagos pelo Wolverhampton, e as melhores propostas que nos foram apresentadas cobravam o triplo em juros do que pediam estas mesmas entidades financeiras, caso o clube comprador fosse o Nápoles", explica ainda o comunicado.

 

Desta forma, o Sporting informou o Wolverhampton de que "o negócio teria de ser feito por 20 milhões de euros (e não por 18), por forma a compensar esse aumento dos juros, mantendo todas as restantes condições propostas pelo Nápoles".

 

"Se a transferência de Rui Patrício nos for proposta, hoje, nas exactas condições em que a aceitámos (18ME pagos em 24 meses, com uma possível mais-valia futura de 15%, com as variáveis e com semelhantes condições de juros ao nível da antecipação da cobrança da verba), o negócio será fechado, mas nunca cederemos a chantagens", pode ler-se no comunicado.

 

O Sporting fala ainda da situação do treinador da equipa principal de futebol, deixando claro que "todas as conversas sobre o futuro de Jorge Jesus no clube estão a ser conduzidas exclusivamente pelo presidente Bruno de Carvalho".

 

A finalizar, o Sporting diz ainda que o presidente demissionário da Mesa da Assembleia Geral, Jaime Marta Soares, deve dirigir a Elsa Judas, presidente da Comissão Transitória da Mesa da Assembleia Geral, "qualquer comunicação que entenda dever fazer, sobre Assembleias Gerais ou similares".

Ver comentários
Saber mais FIFA Sporting Clube de Portugal SAD Sport Lisboa e Benfica Fernando Correia Comissão Executiva da SAD e do Conselho Directivo Octávio Machado Wolverhampton Rui Patrício Alvalade Gestifute Jorge Jesus Bruno de Carvalho
Mais lidas
Outras Notícias