Empresas CTT estimam gasto de 20 milhões este ano com plano de reestruturação

CTT estimam gasto de 20 milhões este ano com plano de reestruturação

As estimativas dos CTT para este ano apontam para um gasto não recorrente relacionado com o plano de reestruturação na ordem dos 20 milhões de euros.
CTT estimam gasto de 20 milhões este ano com plano de reestruturação
Miguel Baltazar/Negócios
Alexandra Machado 07 de março de 2018 às 19:04

Nas linhas gerais para 2018, Francisco Lacerda aponta para um crescimento "ligeiro" das receitas este ano, pelo contributo do negócio de encomendas e dos negócios na área financeira, revelou o presidente da empresa na conferência de imprensa de apresentação dos resultados de 2017.

 

O presidente dos CTT revelou ainda esperar uma queda no correio endereçado de 5% a 6% em 2018. No ano passado o volume do correio endereçado caiu 5,6%, o que foi acima do esperado. As previsões apontavam para uma redução entre 4 e 5%.

 

Quanto aos custos, é esperado um gasto não recorrente com o plano de reestruturação de 20 milhões de euros, esperando que o EBITDA recorrente se mantenha aos níveis de 2017, que foi de cerca de 90 milhões de euros. Isto num ano em que os CTT apontam para um investimento orgânico de 35 milhões.





pub