Empresas Davos recebe elite dona de fortuna de 500 mil milhões

Davos recebe elite dona de fortuna de 500 mil milhões

Francisco Soares dos Santos, do grupo Jerónimo Martins, Carlos Gomes da Silva, CEO da Galp, Cláudia Azevedo, CEO da Sonae, José Luís Arnaut, do conselho consultivo da Goldman Sachs, são alguns dos gestores portugueses que vão participar no fórum.
Davos recebe elite dona de fortuna de 500 mil milhões
EPA
Ana Batalha Oliveira 21 de janeiro de 2020 às 10:57

Num ano em que o modelo capitalista vai estar em discussão em Davos, tendo em conta o aumento das desigualdades que se tem verificado debaixo desta corrente, o evento organizado pelo Fórum Económico Mundial vai contar com a presença de 119 multimilionários, de acordo com  a Bloomberg.

O Fórum Económico Mundial  celebra o 50.º aniversário de 20 a 24 de janeiro na cidade suíça de Davos, nos Alpes, a localização habitual. Para o evento estão convidados  mais  de 2.000 participantes  provenientes de cerca de 100 países, que vão desde empresários e especialistas em economia a políticos. Entre eles,  conta-se um grupo de 119 multimilionários cujas fortunas combinadas atingem os 500 mil milhões de dólares (mais de 450 mil milhões de euros). No grupo dos donos das grandes fortunas estão nomes como  Ray Dalio, o fundador da Bridgewater Associates, o presidente do grupo Blackstone, Steve Schwarzman e o CEO do JP Morgan and Chase, Jamie Dimon.

O tema deste ano é  "Stakeholders para um Mundo Sustentável e Coeso", justificado pelo fundador e presidente do Fórum, Klaus Schwab, através dos canais oficiais, da seguinte forma: "As pessoas estão a revoltar-se contra as elites económicas, que acreditam que os traíram, e os nossos esforços para manter o aquecimento global limitado a 1,5 ºC estão a ser perigosamente insuficientes."

Além dos multimilionários, destacam-se outras personalidades na lista de convidados. Da parte da Comissão Europeia vai a presidente, Ursula von der Leyen. O Presidente norte-americano, Donald Trump, que lidera o berço do capitalismo, criou um império enquanto empresário e retirou os Estados Unidos do Acordo de Paris, vai estar presente depois de ter falhado no ano anterior. Greta Thurnberg, ativista climática de 16 anos, é outro dos nomes mais badalados. 

 

Há portugueses na lista

O Negócios confirmou a presença de Francisco Soares dos Santos, do grupo Jerónimo Martins  e de Carlos Gomes da Silva, CEO da Galp. Anteriormente, o Dinheiro Vivo noticiou que também Cláudia Azevedo, CEO da Sonae, José Luís Arnaut, do conselho consultivo da Goldman Sachs, António Simões, líder do negócio global de banca privada do HSBC e António Horta Osório, CEO do Lloyds, vão participar.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI