Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Empresa de Braga acusa EDP de copiar logótipo

O novo logótipo da EDP– Energias de Portugal, SA pode não passar de um plágio. A firma metalúrgica ‘O Feliz’, sedeada em Braga, queixa-se da usurpação da sua insígnia por parte da empresa pública e vai avançar para tribunal com uma providência cautelar, a

Negócios negocios@negocios.pt 12 de Novembro de 2004 às 09:22
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O novo logótipo da EDP– Energias de Portugal, SA pode não passar de um plágio. A firma metalúrgica ‘O Feliz’, sedeada em Braga, queixa-se da usurpação da sua insígnia por parte da empresa pública e vai avançar para tribunal com uma providência cautelar, a fim de impedir que a eléctrica continue a usar a sua nova imagem: um sorriso branco num quadro de fundo vermelho, noticiou o «Correio da Manhã».

Embora a administração da EDP tenha recusado fazer ao CM quaisquer comentários sobre o assunto, o novo logótipo da empresa pública constitui uma autêntica reprodução dos elementos gráficos essenciais da insígnia registada e utilizada pela metalomecânica bracarense há nove anos, apenas apresentando como alteração o arredondamento dos cantos do sorriso e do quadrado.

"É uma coincidência demasiado infeliz, porque ressalta à vista desarmada que se trata de uma mera cópia", afirmou o empresário António Feliz, sustentando que está em causa a estratégia que a metalúrgica vem desenvolvendo nos últimos anos no sentido de identificar a empresa apenas com a exibição do logótipo, conforme se pode constatar em diversos espaços da firma bracarense.

António Feliz adianta que se apercebeu da existência do novo logótipo da EDP aquando da Volta a Portugal, quando vários clientes abordaram o empresário a propósito de um alegado patrocínio à prova velocipédica que afinal pertencia à empresa pública.

"Nestes primeiros meses, quem conhece a empresa sabe que foi a EDP a copiar, mas não demora nada e nós é que vamos ficar como os copiões, com a agravante das pessoas olharem para o nosso símbolo e acharem que se trata da EDP", observou, reforçando ainda a ideia de plágio ao lembrar que a serralharia bracarense é "cliente e também fornecedora da EDP, por isso, a empresa pública recebe há muitos anos documentos, facturas e recibos com o logótipo de ‘O Feliz’".

Apesar do logótipo estar registado no Instituto Nacional da Propriedade Industrial – onde a metalúrgica apresentou já uma queixa, tal como fez na Inspecção de Actividades Económica –, António Feliz mostra-se consciente das dificuldades em fazer vencer a posição da sua empresa.

"Claro que isto é uma luta muito desigual. Estamos a falar de um pequeno David contra o Golias, com milhões para gastar. Mas vamos até onde for necessário na defesa dos nossos direitos", promete o empresário bracarense.

Ver comentários
Outras Notícias