Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Lucros da Farminveste aumentam 41% para 3,2 milhões no 1.º semestre

A empresa tinha fechado o exercício de 2021 com um lucro consolidado de 1,9 milhões de euros.

DR
Lusa 23 de Setembro de 2022 às 19:01
  • Partilhar artigo
  • ...
A Farminveste, gestora de participações sociais, registou um resultado líquido consolidado de 3,2 milhões de euros no primeiro semestre, uma subida de 41,4% face ao semestre homólogo de 2021, foi esta sexta-feira comunicado ao mercado.

"Os resultados da Farminveste SGPS no primeiro semestre de 2022 seguiram a trajetória positiva iniciada no 2.º semestre de 2021, depois da reabertura e recuperação da economia portuguesa, após o choque pandémico de 2020, em particular na CUF, área que se viu a sua operação condicionada pelos dois períodos de lockdown em 2020 e 2021", refere a informação enviada à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

De acordo com a empresa, verificou-se "uma evolução do resultado líquido da Farminveste de 2,3 milhões de euros no 1.º semestre de 2021, para 3,2 milhões de euros no 1.º semestre do corrente exercício".

A empresa tinha fechado o exercício de 2021 com um lucro consolidado de 1,9 milhões de euros.

A informação hoje divulgada indica que, em termos consolidados, a Farminveste registou um volume de negócios de 415,2 milhões de euros, valor que reflete um crescimento de 6,0% face a junho de 2021.

"As áreas que mais contribuíram em valor para o volume de negócios consolidado foram as áreas de distribuição farmacêutica (19,4 milhões de euros, ou +5,9%) e de sistemas de informação (5,5 milhões de euros, ou +10,8%), refletindo o efeito de recuperação da economia portuguesa e reabertura dos respetivos setores de atividade", sublinha o documento.

Já o resultado antes de impostos, juros, depreciações e amortizações (EBITDA) aumentou 13,7% para 22,7 milhões de euros.

No período em referência, a dívida líquida (resultante do somatório das rubricas de caixa e depósitos bancários e financiamentos obtidos) reduziu-se em 7,2 milhões de euros (-2,9%) para 237,1 milhões de euros.

Ver comentários
Outras Notícias