Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Savannah acorda cooperação com a Universidade do Porto e LNEG na exploração de lítio

A empresa que se tem dedicado à exploração de lítio no Norte de Portugal, a Savannah Resources, tem dois aliados em território nacional.

Bloomberg
Ana Batalha Oliveira anabatalha@negocios.pt 18 de Dezembro de 2018 às 12:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Savannah Resources, a empresa que se dedica actualmente à exploração de lítio na Mina do Barroso, em Portugal, assinou um acordo de cooperação com a Faculdade de Ciências da Universidade do Porto e o Laboratório Nacional de Energia e Geologia (LNEG), que vão ajudar nesta mesma exploração.

Este acordo, anunciado esta terça-feira, 18 de Dezembro, pela Savannah Resources, não marca contudo o início da cooperação – vem apenas formalizá-la. As sinergias entre o trio já resultaram num estudo de mineralogia preliminar e outros documentos técnicos acerca do tratamento, recuperação e concentração do material.

"Estamos encantados por entrar neste acordo com estas duas prestigiadas organizações portuguesas. Ambas têm bom historial, inclusivamente, foi o professor Noronha da Universidade do Porto que descobriu a presença de lítio em Portugal em Grandão há cerca de 30 anos", comentou o director técnico da Savannah.

Com a exploração de lítio em Portugal, a empresa, cotada em Frankfurt, pretende tornar-se a produtora mais significativa do metal na Europa, produção que tem concentrada na Mina do Barroso. A Universidade do Porto, de acordo com o comunicado, quer afirmar-se nas práticas de ensino nas áreas das ciências exactas. Já o LNEG é uma instituição governamental de investigação e desenvolvimento, que trabalha para colmatar as necessidades da sociedade e das empresas e já conta com experiência no processamento de lítio.

Ver comentários
Saber mais Savannah Resources Professor Noronha da Universidade do Porto Mina do Barroso LNEG Portugal Faculdade de Ciências da Universidade do Porto Laboratório Nacional de Energia e Geologia Grandão Frankfurt Ciências minérios e metais Informação sobre empresas economia negócios e finanças
Outras Notícias