Energia A Galp ofereceu-lhe três meses de combustível grátis? “É aldrabice”

A Galp ofereceu-lhe três meses de combustível grátis? “É aldrabice”

Há uma nova mensagem fraudulenta que está a ser envida em nome da marca, via Whatsapp, dois dias depois de a petrolífera ter lançado o alerta para uma fraude informática (“phishing”) que começou a circular por e-mail.
A Galp ofereceu-lhe três meses de combustível grátis? “É aldrabice”
Imagem que surge quando se abre o link enviado pela Whatsapp e que usa de forma abusiva e forjada a marca da Galp.
Rui Neves 22 de maio de 2020 às 13:59

"Devido a medidas de isolamento social para conter a propagação do novo coronavírus, os nossos tanques de armazenamento de combustível atingiram os seus limites máximos de capacidade. Como medida para evitar perdas significativas em nossas linhas de produção e, ao mesmo tempo, um esforço para ajudar os necessitados, estamos a oferecer 3 meses de combustível grátis a todos os que regressam às suas actividades profissionais ou académicas."

 

Recebeu esta mensagem no seu Whatsapp, com um link para http:/galp.gratis/? "Sim, foi uma amiga que me enviou. Três meses grátis de combustível? Seria de aproveitar. Aderi e dei alguns dados pessoais", contou, ao Negócios, Filipa França, uma das internautas que se sentiu defraudada quando soube que se tratava de um clássico estratagema de "phishing" para a obtenção de dados pessoais.
 

"A Galp tem conhecimento disso e desmente categoricamente. É fraude. Uma aldrabice", confirmou fonte oficial da petrolífera ao Negócios.

 

Já esta quarta-feira, a Galp tinha lançado na sua página na internet um alerta para e-mails de "phishing" com a marca da empresa.

 

"A Galp vem alertar para uma fraude informática (‘phishing’) que começou a circular por e-mail, a partir de 20 de Maio de 2020, e que utiliza indevidamente a marca Galp para tentar obter ilicitamente dados financeiros", refere a marca portuguesa num alerta enviado à população.

 

Caso tenha "caído" nesta tentativa de burla, introduzindo os seus dados bancários, a Galp sugere que "contacte imediatamente a sua instituição bancária e as autoridades da sua área", relembrando que a empresa "não solicita dados financeiros ou pessoais por e-mail e comunica com os seus clientes apenas através dos seus canais oficiais, para os diversos serviços que presta".

 

 




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI