Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

EDP prepara venda de até 1,5 mil milhões em ativos renováveis

A empresa já está também a trabalhar em operações de venda de ativos para 2022.

A CTG reduziu este ano a posição no capital da empresa liderada por Miguel Stilwell de Andrade para 19,03% mas mantém o estatuto de maior acionista.
Miguel Baltazar
Ana Batalha Oliveira anabatalha@negocios.pt 23 de Junho de 2021 às 13:09
  • Assine já 1€/1 mês
  • 5
  • ...
A EDP está a preparar a venda de três portefólios de energia renovável, que no conjunto podem valer até 1,5 mil milhões de euros.

A informação está a ser divulgada pela Reuters, que lança esta estimativa com base em declarações do próprio CEO da elétrica, Miguel Stilwell de Andrade. Este indicou que cada um dos portefólios poderia ser avaliado entre os 300 milhões e os 500 milhões de euros. 

Duas destas operações deverão ser anunciadas no curto-prazo, e vão processar-se no continente europeu, revelou o responsável. Mas há ainda uma terceira que está a ser avaliada, afirma. 


Uma fonte próxima afirmoou à Reuters que a EDP está à procura de vender campos de eólicas nas cidades espanholas Cadiz e Tarragona, com um total de capacidade de 180 megawatts (MW).


Além destes planos para 2021, a empresa já está também a trabalhar em operações de venda de ativos para o próximo ano. "Já começámos também o trabalho para os acordos de rotação de ativos em 2022", declarou Stilwell de Andrade.

Por fim, também estará em cima da mesa a opção de vender ativos no Brasil, adiantou ainda fonte oficial da EDP à Reuters.

A EDP já havia anunciado que esperava conseguir ganhos de mais de 300 milhões de euros em 2021 com a venda de ativos nos Estados Unidos da América e na Europa. A informação foi avançada pelo CEO em duas conferências com analistas, a propósito da apresentação dos resultados trimestrais da EDP e EDP Renováveis.

(Notícia atualizada às 3:28 com mais informação relativamente à avaliação dos ativos)
Ver comentários
Outras Notícias