Energia EDP vende espanhola Naturgas por 2,5 mil milhões de euros

EDP vende espanhola Naturgas por 2,5 mil milhões de euros

Depois de meses de especulação, a EDP fechou a venda da gasista espanhola. Dinheiro vai servir para financiar a OPA sobre a EDP Renováveis e para reduzir dívida.
EDP vende espanhola Naturgas por 2,5 mil milhões de euros
Miguel Baltazar/Negócios
André Cabrita-Mendes 27 de março de 2017 às 19:57
A EDP fechou a venda da espanhola Naturgas. O negócio ficou fechado por 2,5 mil milhões de euros, anunciou a EDP esta segunda-feira, 27 de Março.

"A oferta vinculativa, totalmente financiada, foi apresentada por parte de um consórcio de investidores composto entre outros
por investidores institucionais assessorados pela J.P. Morgan Asset Management, pelo Abu Dhabi Investment Council e pelo Swiss Life
Asset Managers. A oferta foi submetida pela Nature Investments, veículo instrumental criado pelo consórcio composto pela Covalis Capital e pela White Summit Capital", pode-se ler no comunicado.

Esta oferta por 100% da Naturgas atinge os 2,591 mil milhões de euros, tendo um "impacto esperado de cerca de 2,3 mil milhões de euros na redução da dívida íquida da EDP em 2017".

A energética liderada por António Mexia diz que este encaixe financeiro vai ser "parcialmente aplicado" na oferta pública de aquisição (OPA) sobre a EDP Renováveis, enquanto que o "valor remanescente se destinará à redução da dívida e nível de endividamento da EDP".

A Naturgas é a subsidiária da EDP para a distribuição de gás em Espanha. A gasista dispõe de mais de um milhão de pontos de abastecimento de gás natural e gás propano liquefeito nas regiões do País Basco, Cantábria e Astúrias. A EDP sublinha que este negócio "não inclui as actividades de comercialização de gás, não tendo qualquer impacto na relação da EDP com os seus clientes em Espanha".

Os lucros antes de juros, impostos, depreciações e amortizações (EBITDA) atingiram os 165 milhões de euros. Esta transacção não terá impacto nos resultados do grupo EDP no primeiro trimestre, representando uma mais-valia líquida esperada de cerca de 700 milhões de euros em 2017.

A EDP e o consórcio de investidores têm o objectivo de avançar para a assinatura de acordos definitivos no mês de Abril, sendo que a "conclusão da transacção proposta estará sujeita às habituais aprovações regulatórias".

(Notícia actualizada às 20:05)



pub

Marketing Automation certified by E-GOI